Páginas

domingo, 30 de setembro de 2012

Hosanna - Hillsong


Hossana
Hillsong

Eu vejo o Rei da Glória
Vindo sobre as nuvens com fogo
E no mundo a tremer
Eu vejo Seu amor e graça
Lavando todo nosso pecado
E Seu povo a cantar

Hosana, Hosana
Hosana nas alturas
Hosana, Hosana
Hosana nas alturas

Eu vejo uma geração
A erguer-se para conquistar
Cheios de fé
Eu vejo um avivamento
Ao te buscar em oração
E nos prostramos a Ti

Hosana, Hosana
Hosana nas alturas
Hosana, Hosana
Hosana nas alturas

Cura o meu coração e faça-o limpo
Abra os meus olhos para ver o impossível
Ensina-me a amar como me amou
Que o meu coração seja como o Seu
Tudo,o que eu sou é para o Seu reino

Até a eternidade
Hosana, Hosana
Hosana nas alturas
Hosana, Hosana
Hosana nas alturas

Salmos 91


“Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Todo-Poderoso descansará. Direi do Senhor: Ele é o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio. Porque ele te livra do laço do passarinho, e da peste perniciosa. Ele te cobre com as suas penas, e debaixo das suas asas encontras refúgio; a sua verdade é escudo e broquel. Não temerás os terrores da noite, nem a seta que voe de dia, nem peste que anda na escuridão, nem mortandade que assole ao meio-dia. Mil poderão cair ao teu lado, e dez mil à tua direita; mas tu não serás atingido”.
(Salmos 91. 1-7).


terça-feira, 25 de setembro de 2012

Mensagem - Amando de Forma Incondicional

Nossa forma de amar por nós mesmo é imperfeita. Pois estamos sempre visando o nosso sentimento, o nosso desejo. Visamos a nós e não o outro.
Queremos aprisionar e não libertar.
Nossa forma de amar sufoca. A forma de Deus amar libera.
Precisamos pedir a Deus para nos dá a capacidade de amar como Ele ama. De nos purificar de toda forma egoísta de oprimir, e sermos purificados na verdade de sua Palavra, para sermos capazes de amar com amor sincero como diz o apóstolo Pedro em sua carta: “Agora que vocês já se purificaram pela obediência à verdade e agora que já tem um amor sincero pelos irmãos na fé, amem uns aos outros com todas as forças e com um coração puro” - (1 Pedro 1.22).

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

O Dom da Graça


“Não Julguem os outros, e Deus não julgará vocês. 
Não condenem os outros, e Deus não condenará vocês. 
Perdoem os outros e Deus perdoará vocês”
(Lucas 6. 37)

O perdão no Velho Testamento está ligado a algum tipo de expiação. Era necessário fazer um sacrifício de animal e este ser aceito no templo.
Já no Novo testamento, o perdão se ligado a uma ação graciosa de Deus em relação ao homem. Tem um sentido de libertação, de deixar ir embora. Isso acontece através de Cristo.
A implicação disso em nossa vida tem o sentido de que o perdão e a justiça são ações que devem ser observados distintamente. Significa que devemos ter fé em usar da mesma graça e perdoarmos aqueles que nos fazem algum mal.

Leia esta lenda árabe:

Diz uma lenda árabe que dois amigos viajavam pelo deserto e em um determinado ponto da viagem, discutiram e um deu uma bofetada no outro.
O outro, ofendido, sem nada poder fazer, escreveu na areia:
“Hoje, o meu melhor amigo deu-me uma bofetada no rosto”.
Seguiram adiante e chegaram a um oásis onde resolveram tomar banho.
O que havia sido esbofeteado e magoado começou a afogar-se, sendo salvo pelo amigo.
Ao recuperar-se, pegou um canivete e escreveu numa pedra:
“Hoje, o meu melhor amigo salvou a minha vida”.
O outro amigo perguntou:
- Por que é que, depois que te magoei, escreveste na areia e agora, escreve na pedra?
Sorrindo, o outro amigo respondeu:
- Quando um grande amigo nos ofende, devemos escrever onde o vento do esquecimento e o perdão se encarreguem de apagar a lembrança.
Por outro lado, quando nos acontece algo bom e grandioso, devemos gravar isso na pedra da memória do coração onde vento nenhum em todo o mundo jamais o poderá apagar.

O perdão de Deus é o sinal de sua graça para conosco. Onde está envolvido perdão, salvação, arrependimento e amor.
Sobre homens e mulheres está o favor divino, ainda que não o mereçam.
Recebendo a Graça de Deus Ele espera que usemos de graças para com o nosso semelhante, sendo bondosos e gratos por tudo.
Agindo assim estaremos dando reverência ao Senhor.

Leia também:
A Dinâmica do Arrependimento & do Perdão.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Mensagem - O Deus Que Conhece Você

Mensagem ministrada na Clínica de Recuperação CRER. No dia 27 de junho de 2012.
Baseada no texto de Mateus 17. 24-27.

Quando a Inocência Se Acaba


“Até a criança se dá a conhecer pelas suas ações, 
se a sua conduta é pura e reta”
(Provérbio 20.11).

A criança tem uma percepção diferente da do adulto. Sua perspectiva de tempo é diferente. Ela vive mais no presente, enquanto a noção de futuro no adulto é muito mais ampla.
Mas o que lhe falta em experiência passada, sobra-lhe em imaginação.
Precisamos ter em mente que os motivos que orientam a nossa vida são tanto de ordem emocional, como intelectual. Por isso, nem sempre os apelos voltados para a razão terão bons resultados. Existem outros sentimentos mais fortes que comandam a ação.
Pontos de vistas entre adulto e criança se chocam exatamente por causa dessa percepção imaginativa da criança. Quando a criança interpreta os dados de um modo diferente e imaginoso. Quando tudo é resultado de sua fantasia infantil. Pois, para a criança é impossível interpretar os fatos de forma objetiva.
A criança está acostumada a ver tudo em função de sua pessoa. Quando os pais agem de forma a alimentar a realização de sua satisfação e fortalecendo seu egocentrismo.
Ao assistir a um filme, ela é capaz de se identificar com o personagem, vivenciando suas aventuras e desventuras.
Para a criança o mundo está centrado nela, é assim que ela percebe o mundo. Ela percebe o mundo como sendo o protagonista, o personagem principal. Percepção e imaginação se confundem.
O que dizer então quando a criança revela uma atitude, um jeito, que não parece ser o normal?
Podemos explicar da seguinte maneira: ela está imitando as próprias atitudes e os jeitos dos adultos. Revelando o seu estado mental.
Cabe aos pais um alerta sobre o cuidado que devemos ter com nossos filhos. Pois, se não zelarmos por lhes dar uma proteção espiritual, indefesos como são eles correm o risco de serem habitat de satanás.
Por isso, consagre seus filhos ao Senhor. Constantemente imponha sua mão sobre eles e os abençoe em nome de Jesus.
John Lawrence deixou o seguinte registro: “As almas mais nobres são as mais tentadas. O diabo é um esportista e aprecia os grandes lances”.
Não jogue com a vida de seus filhos. Eles são preciosos para Deus. E Deus escolheu você para que cuidasse deles.
Muito dos problemas emocionais que hoje sofrem muitos adultos, tiveram origem desde a infância.


sábado, 15 de setembro de 2012

Jesus Take The Wheel - Carrie Underwood


Jesus, Tome a Direção 

Ela estava dirigindo sexta passada para Cincinnati
Numa noite branca de véspera de Natal
Indo para casa para ver sua mãe e seu pai
Com seu bebê no banco de trás
Cinquenta milhas pra ir e ela estava com pouca
Fé e gasolina
Teria sido um longo e difícil ano
Ela teve muito em que pensar
E não prestou atenção
Ela estava indo rápido demais
Antes que percebesse ela estava girando
Em um fino e preto lençol de vidro
Ela viu a vida dos dois passando ante seus olhos
Nem ao menos teve tempo de chorar
Estava com tanto medo
Jogou suas mãos pro céu
Jesus tome a direção
Tire de minhas mãos
Porque não posso fazer isso sozinha
Estou me entregando agora
Então me dê outra chance
Para me salvar desta estrada onde estou
Jesus tome a direção
Ainda estava ficando mais frio
Quando sentiu seus ombros
E o carro parou
Ela chorou quando viu que o bebê
No banco de trás dormia como uma pedra
E pela primeira vem em muito tempo
Ela inclinou sua cabeça pra orar
Ela disse: Sinto muito pela maneira
Que estou levando a minha vida
Sei que devo mudar
Então a partir dessa noite
Jesus tome a direção
Tire de minhas mãos
Estou me entregando agora
Então me dê outra chance
Para me salvar desta estrada onde estou
Oh, Jesus tome a direção
Oh, estou me entregando agora
Então me dê outra chance
Salve-me desta estrada onde estou
Desta estrada onde estou
Jesus tome a direção
Oh, tire, tire-a de minhas mãos
Oh...Porque...
Oh... 

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Coisas do Inferno

O diabo é uma entidade considerada maligna, um espírito do mal. Porém no Novo Testamento esse termo que significa acusador, caluniador, pode ser aplicado também a homens que se opõem ao Evangelho.
Sendo a mentira a doutrina dos demônios, ela nos leva a valorizar mais o pecado. Nos faz esquecer a maravilhosa graça de Deus sobre a vida do ser humano.
É a graça divina em Jesus Cristo que nos conduz ao arrependimento e à mudança de vida.
A mudança de vida é a verdadeira vitória do cristão. No entanto, com as mentiras que o diabo coloca na mente das pessoas, elas acabam apoiando sua doutrina quando deixam que cada uma das coisas citadas acima, na foto, tome conta de suas vidas.
Verdadeiramente uma coisa do inferno!
“nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus” (2 Corintios 4.4).

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

O Cristianismo e a Depressão – Parte 3

Depois de duas postagens, pode acontecer de você estar se perguntando, depressão tem cura? O que é preciso fazer?

Tenho uma boa noticia para todos: o mal do século XX tem cura!

“Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo (coragem)! Eu venci o mundo” – (João 16:33 - NVI).

Estas palavras de Jesus nos mostra que é possível vencer as questões que nos afligem, mesmo sendo elas de origem emocional.

Pessoas que experimentam crises de solidão, dor e sofrimento, que vivem atormentadas por suas culpas e seus sentimentos de culpa, que se sentem menosprezadas, rejeitadas e sem esperança, pois esse é o momento de a igreja do Senhor se erguer e mostrar a solução que se encontra na Palavra de Deus.

A Palavra de Deus nos mostra que: “Tudo tem a sua ocasião própria, e há tempo para todo propósito debaixo do céu... tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar” – (Eclesiastes 3:1 e 4).

Antes, porém vejamos o seguinte: Existe uma estimativa que mostra que cerca de 30% dos pacientes não respondem nem aos medicamentos mais modernos. Para esses casos, a novidade é a estimulação magnética transcraniana (EMT), aplicada ainda de forma experimental no Brasil como no exterior. Mais antiga e polêmica, mas também eficiente para a depressão grave é a eletroconvulsoterapia, o conhecido eletrochoque. Sua eficácia fica em torno dos 90% se comparada a dos medicamentos que são de 70%. Esse tratamento consiste na aplicação de uma carga elétrica no cérebro, com o paciente anestesiado (anestesia geral com duração de 5 minutos). A estimulação produz convulsão, mas muito diferente da que ocorre na epilepsia, pois a anestesia promove relaxamento (segundo estudos psiquiátricos).

Outras alternativas são as Terapias Complementares, além da terapia farmacológica. Tais como atividades físicas, meditação e acupuntura são cada vez mais bem-vistas pelos especialistas, como complemento para os modernos antidepressivos no combate à depressão.

Assim como o exercício físico, exercitar a mente pode estimular a gênese de novas células cerebrais e ajudar no tratamento de depressão, ansiedade e stress.

Mas preste atenção numa coisa, somente nos casos de depressão leve é possível melhorar sem medicamentos.

Eu disse no início que é hora da igreja do Senhor se erguer e utilizar da inigualável medicina da qual ela tem conhecimento.

Neste caso vale lembrar a grande importância que tem os Grupos de Ajuda. Isolar-se pode agravar o problema: grupo de ajuda tem papel importante no processo de recuperação.

Pois falar sobre o problema como forma de resolve-lo ou ameniza-lo é o sistema adotado por grupos de autoajuda específicos para portadores de distúrbios psiquiátricos como depressão e pânico.

Reuniões semanais onde pacientes e parentes se encontram para partilhar suas experiências. Como não se trata de um tratamento, e sim de um coadjuvante contra a depressão, não existe orientação específica. Ao escutar relatos de vivências parecidas com as suas, as pessoas se sentem mais capazes de enfrentar seus problemas e deixam de se vestir como ets. Para os que preferem se expor menos, outra opção são os grupos de autoajuda on-line.

A igreja aqui mais uma vez pode servir como uma comunidade terapêutica - (1Tessalonicenses 5:14).

Terminando, há uma distinção que foi estabelecida por Jesus. Ele mostra que existem pessoas interessadas em mudar a própria vida e aquelas que não estão dispostas a isso. Ele disse: “Quem tem ouvidos, ouça” – (Mateus 11:15).

O princípio do qual Ele partia era que todos podem mudar. Por isso Ele oferecia às pessoas a oportunidade de crescer e serem transformadas simplesmente baseando-se na disposição de aceitar essa oportunidade.

“Em verdade, em verdade, vos digo que vós chorareis e vos lamentareis, mas o mundo se alegrará; vós estareis tristes, porém a vossa tristeza se converterá em alegria” – (João 16:20).

Esse crescimento e essa transformação exige que estejamos prontos para ouvir a nós mesmos e dispostos a lidar com o que encontrarmos. Jesus ensinou que temos que ter coragem para crescer.

Ter coragem é saber que temos medo, mas mesmo assim escolher dizer sim à vida. Pois: “Não sobreveio sobre vocês tentações que não fossem comum aos homens. E Deus é fiel; Ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. Mas, quando forem tentados, Ele mesmo lhes providenciará um escape, para que o possam suportar” – 1 Coríntios 10:13). 

Leia também:

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

God So Loved - Jaci Velasquez

Deus amou tanto o mundo
Que deu o Seu único Filho,
Para que quem tão somente acredite nEle
Não pereça mas tenha vida eterna

Eu tento tanto achar as palavras para dizer,
Para você saber quão grande é este Deus a quem eu oro
Nada pode ou poderá se comparar
Com a paz que flui em sua alma quando Ele está vivendo lá.
Ah, eu sei que você esteve passando por tantas coisas,
É difícil adorar se soltando e conseguindo confiança.
Mas eu conheço a simples verdade
Aquele amor está aqui para você.
Então acredite n'Ele e veja o que Ele pode fazer.

Deus amou tanto o mundo
Que deu o Seu único Filho,
Para que quem tão somente acredite nEle
Não pereça mas tenha vida eterna

A promessa é sua e minha;
Agarre este amor para o resto da sua vida.
Mas está na hora de dar um passo de fé
Esteja preparado para o amor de Jesus te levar

Ah, eu sei que você esteve passando por tantas coisas,
É difícil adorar se soltando e conseguindo confiança.
Mas eu conheço a simples verdade
Aquele amor está aqui para você.
Então acredite n'Ele e veja o que Ele pode fazer.

Deus amou tanto o mundo
Que deu o Seu único Filho,
Para que quem tão somente acredite nEle
Não pereça mas tenha vida eterna

Oh, oh, oh, oh, oh, vida eterna
Oh, sim, o Senhor me ama
Deus amou tanto o mundo
Ele deu, Ele nos deu
O Seu único Filho, único Filho
Se você apenas acreditar, se você apenas acreditar
Te livrará, te livrará
Oh, Ele te ama tanto.
Ele te ama tanto.
Apenas acredite, apenas acredite

Mensagem - Um Convite A Festa


Mensagem pregada em 27 de novembro de 2009.

Baseada no texto de Mateus 22.1-14.

Independência ou Morte



“Se, pois, o Filho vos libertar, 
verdadeiramente sereis livres”
(João 8. 36)

No dia 7 de setembro comemoramos oficialmente aquilo que se denomina Independência do Brasil.
Isto é, o processo que culminou com a emancipação política do território brasileiro do Reino Unido de Portugal, no início do século XIX, quando ocorreu o chamado "Grito do Ipiranga".
"Independência ou Morte" é um grito dito por vários líderes de países, indicando que seu país está a postos para lutar contra quem o coloniza. Sendo o Brasil possivelmente o mais famoso. Há historiadores que digam que a Romênia também se inclui nesta situação.
Emancipar significa se libertar, tornar-se independente.
Semelhantemente podemos dizer que a alma do homem está escravizada. A Bíblia diz: “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” (Romanos 3. 23).
Jesus, o Filho de Deus, tem autoridade suprema, pois as Escrituras ensinam que: “o Pai ama o Filho, e todas as coisas tem confiado às suas mãos” (João 3. 35).
Portanto, é Jesus quem foi enviado para consolar os que choram, para dar alegria, em vez de tristeza, um perfume de felicidade, em vez de lágrimas. É Jesus quem foi escolhido para trazer as boas noticias aos pobres, é Jesus quem foi enviado para animar os aflitos, para anunciar a libertação aos escravos e dar liberdade para os que estão em prisão (Isaias 61).
Talvez sua prisão não seja um cárcere. Pode ser talvez um vício do qual não consiga se libertar. Quem sabe seja o sexo aquilo que lhe aprisiona e lhe faz ir em direção a pornografia, a prostituição, ou ao homossexualismo. Pode ser também uma prisão espiritual onde seres malignos lhe aprisionam e não lhe deixa prosperar em nenhum sentido. Ou ainda uma religião que não lhe traz paz, mas ao invés disso lhe coloca um julgo pesado sobre os ombros. Até mesmo suas emoções e sentimentos podem lhe está aprisionando numa mágoa, num ressentimento, num ódio ou raiva que vai lhe matando lentamente.
O que eu quero lhe dizer é que não importa qual seja sua prisão. Jesus pode lhe libertar.
Todo ser humano está dentro de um padrão de escravidão “nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus” (2 Corintios 4. 4).
Todavia, Jesus afirma: “O ladrão não vem senão para roubar, matar e destruir; Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (João 10. 10). Jesus deu o Grito de Independência por nós.
Isso significa que se o Filho emancipa um escravo, agindo com a autoridade com que o Pai o investiu, este escravo, daí em diante, será verdadeiramente livre.

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Ajuda-me A Não Me Impressionar Com O Homem


Na carta de Pedro, ele praticamente ordena aos cristãos que se submetam às autoridades humanas. Porém essa submissão não é uma escolha ou uma convicção pessoal. Pedro deixa claro que é uma obrigação de todo cristão.

Aqui cabe uma reflexão, pois, essa submissão não deve ser exercida por força ou por coação, mas de bom grado, com alegria, para que o nome do Senhor seja glorificado.

Isso significa que todo cristão tem uma responsabilidade para que sua nação possa prosperar. Leia esse texto: “... então, se o meu povo, que pertence somente a mim, se arrepender, abandonar os seus pecados e orar a mim, eu os ouvirei do céu, perdoarei os seus pecados e farei o país progredir de novo” – (2 Crônicas 7.14 – BLH).

É hora de parar de falar mal das autoridades e começar a orar por eles.

Porém, o mesmo texto também mostra as responsabilidades daqueles que são os governantes.

O texto nos mostra que uma das funções do governador era julgar aqueles que faziam algo errado e louvar aqueles que fazem o bem. O que isso significa? Significa que uma das funções mais básicas do governo é recompensar aqueles que agem como bons cidadãos.

O salmista diz: “Feliz a nação que tem tudo isso! Feliz o povo cujo Deus é o Senhor” (Salmos 144. 15).

Mas o que encontramos em nossa Nação até agora é bem diferente.

O que encontramos é a chaga da Corrupção. Ela está presente em todas as esferas do governo e da sociedade. Ela se torna mais frequente e menos punida aqui, mas esse não é um problema exclusivamente brasileiro.

Ruy Barbosa num discurso em 1914 disse: “De tanto ver triunfar nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, e ter vergonha de ser honesto”.

Como brasileiros não estamos satisfeitos, nem seguros e nem tranquilos. A palavra “Irreversível” está no ar. Seja nos discursos ou nas notícias. A sociedade brasileira está gravemente enferma. Discriminações sociais, raciais e econômicas estão em progressão. Mas ainda assim o país recusa-se a olhar no espelho, rejeitando seu diagnóstico que emerge dos sintomas de sua própria realidade.

Parece irreversível, parece não haver otimismo nem esperança frente à tensão provocada em todas as frentes, pelo estranho e incontido comportamento humano.

Mas como eu disse anteriormente, como cristãos, somos chamados a orar pela nossa liderança, na esperança de que Deus intervenha e algo melhor possa acontecer: “Portanto meus irmãos encham as suas mentes com tudo o que é bom e merece elogios, agradável e honesto” – (Filipenses 4.8 – BLH).

Chega de se impressionar com o homem, de acreditar em palavras doces. Busque conhecer a verdade acerca daquele em quem você está depositando sua confiança através de seu voto.

Leia também: Parece Irreversível.

sábado, 1 de setembro de 2012

O Inconsciente Desejo de Morrer


“Foi-lhes permitido, não que os matassem, mas que por cinco meses os atormentassem. E o seu tormento era semelhante ao tormento do escorpião, quando fere o homem. Naqueles dias os homens buscarão a morte, e de modo algum a acharão; e desejarão morrer, e a morte fugirá deles” - (Apocalipse 9. 5,6)

Há algo que quero lhe dizer. E gostaria que você guardasse isso com muito carinho. Gostaria mesmo que você compartilhasse com alguém que você conhece e está em uma situação igual a essas que irei escrever.
No texto de Apocalipse, capitulo 9 e versos 5 e 6, encontramos referencia a um tormento que aparentemente durará cinco meses. Isso porque a vida de um gafanhoto leva cinco meses.
Ali diz que muitos homens infiéis buscarão a morte, mas não encontrarão. Não é dito como esse desejo de morte deles será frustrado, mas o que se percebe é que esse período de tempo é lhes dado como um adicional para que se arrependam diante de Deus das coisas que fazem: “Os outros homens, que não foram mortos por estas pragas, não se arrependeram das obras das suas mãos, para deixarem de adorar aos demônios, e aos ídolos de ouro, de prata, de bronze, de pedra e de madeira, que nem podem ver, nem ouvir, nem andar. Também não se arrependeram dos seus homicídios, nem das suas feitiçarias, nem da sua prostituição, nem dos seus furtos” (Apocalipse 9. 20, 21).
Mas o que eu quero lhe dizer é o seguinte:
Um Apocalipse é um tipo especial de profecia. É a retratação de obras proféticas que incluem profecias simbólicas e dramáticas sobre o futuro. Essa profecia é comunicada a um profeta por meio de visão. Aqui no nosso caso essa visão foi dada ao Apóstolo João.
Ele nos mostra que, todo dia lidamos com coisas visíveis e invisíveis. Pessoas e seres espirituais, que nos influenciam. E o livro de Apocalipse fala exatamente dessa força invisível que de alguma forma atua sobre o mundo visível.
Ele mostra que chegará um tempo em que milhares desses seres raivosos penetrarão no contexto de vida humana trazendo consigo um desejo suicida na vida de cada ser humano.
E o que o Apóstolo João nos mostra é que a medida que se vai aproximando esse momento apocalíptico da era do fim da humanidade, mais os seres humanos irão experimentar essa coisa estranha, esse desejo estranho de morrer. E todos nós temos algum grau por esse desejo de morte.
Talvez você se assuste com essa expressão. Mas vejamos o seguinte:
Pode ser que você não conheça ninguém que esteja tomando algum tipo de veneno ou querendo dar um tiro na cabeça. Tudo bem, pois eu não estou falando de ato suicida, e sim o que o livro de Apocalipse nos mostra, um desejo ardente de morrer. E nessa situação, com certeza você conhece alguém, ou pelo menos já ouviu falar, de pessoas que pouco a pouco vão se suicidando... Lentamente... Gradativamente.
Pessoas que são impulsionadas para certos tipos de ações e que não são ações de vida e sim de morte. E elas se manifestam de diversas maneiras. Como por exemplo, meninas de 15 anos e que cada vez mais cedo estão nas esquinas expondo e vendendo seus próprios corpos, estão sendo impulsionadas para um ato gradual de suicídio. Outras vezes são pessoas que enchem a cara com bebidas, indo em direção a uma cirrose, como também estão destruindo a mente, os neurônios, vínculos, laços afetivos, potencialidades de trabalho, destruindo reputação e a capacidade de ver a vida com lucidez. Ou alguém que sabe que precisa beber certa quantidade de água todo dia e não o faz, ou ainda aquele indivíduo que precisa ir ao médico, precisa tomar seu remédio e fica adiando. Ou aquele indivíduo que gosta de comer um churrasco, aquela picanha cheia de gordura, ele sabe que lá na frente algum problema pode acontecer, mas ainda assim ele continua a comer.
Às vezes esse desejo de morrer opera de outra forma, como quando vemos pessoas interessadas em esportes radicais, pessoas que pegam seus carros ou motos e saem em disparada, e quem olha imagina que essa pessoa tem um desejo de viver intensamente. Na verdade é o contrário. O que está sendo Identificado é um sentimento de potencial suicida.
Não há um desejo de viver e sim um sentimento encoberto, inconsciente, de morrer.
Todo dia encontramos essa realidade. Pessoas que são impulsionadas por essa ânsia de morte. E aqui cabe uma reflexão do filósofo e teólogo dinamarquês, Søren Aabye Kierkegaard, uma figura de grande influência para o pensamento contemporâneo: “Quando a pior coisa que um ser humano conhece na vida é a morte, ele tem vontade de viver. Mas quando a pior coisa que um ser humano conhece é a vida, ele tem vontade de morrer”.
Prá você que se sente angustiado, vivendo de experiência em experiência, que não sente prazer nas coisas mais valorosas que podemos ter, o convite do livro de Apocalipse é que você se arrependa diante do Senhor, e que seja salvo por intermédio de Jesus Cristo.
Esse sentimento inconsciente pela morte, esse vazio na alma, são exatamente o apelo de nosso espírito pelo Espírito de Deus. O abatimento de nossa alma existe por causa do afastamento do homem daquele que o gerou.
Quanto mais próximo a era apocalíptica, mais crescerão esse sentimento de morte, e o Senhor está lhe proporcionando esse momento como um adicional para seu arrependimento.
A palavra Apocalipse vem do grego, apokalupsis, que quer dizer revelação. E a Bíblia é a revelação de Deus para o homem. Portanto, não deixe passar essa oportunidade.

Leia também:
O Ser Humano e as Emoções . 
O Ser Humano e as Emoções – Parte 2 .
O Ser Humano e as Emoções – Parte 3 .