Páginas

sábado, 30 de julho de 2011

Carta A Quem Interessar


Como havia dito anteriormente, neste mês de julho fiz postagens referentes ao nome, título e atributos de Jesus. E os Pontos De Vista Sobre A Divindade De Cristo, foram trinta e quatro postagens sobre os pontos de vista, mais três glossários de nomes, títulos e atributos de Cristo.
Para aqueles que acessarem o blog, poderão conhecer um pouco sobre o assunto. Mas quero deixar bem claro que minha intenção é estimular a curiosidade e o interesse sobre o tema. Servindo apenas como uma introdução para quem assim desejar, conhecer o que pensam as outras religiões sobre quem Jesus afirmou ser.
Para você que acompanhou as postagens durante o mês, fica aqui o meu muito obrigado. Que o Senhor abençoe sua vida. E espero que tenha sido útil a leitura do blog neste mês.

“Qualquer coisa que você ensina a uma pessoa sábia torna-a mais sábia ainda. E tudo o que você diz a uma pessoa direita aumenta a sabedoria dela” (Provérbios 9. 9).



Tu És o Cristo

Então lhes perguntou: Mas vós, quem dizeis que eu sou?
Respondendo, Pedro lhe disse: Tu és o Cristo”

A palavra Cristo é uma palavra grega que significa “ungido”. No Velho Testamento encontramos esse termo, vem da palavra Mashiash no hebraico e significa “Messias”.
O nome usado era Jesus,  que, traduzido do hebreu, significa “Salvador”.
Jesus afirmava ser o ungido de Deus. O Filho de Deus. Muitos no seu tempo duvidavam de sua natureza divina, até mesmo os seus irmãos duvidaram (João 7. 5). As opiniões se dividiam entre a população. Pedro, no entanto cria ser mesmo o ungido de Deus. E por isso respondeu dessa forma.
Hoje muitos não crêem na divindade de Cristo.
Na verdade as pessoas pensam muito pequeno. E quando você rotula um homem, você não precisa saber quem ele é.
É o que acontece hoje. Rotulam Jesus de tudo quanto é nome, título e atributos. Mas poucos são os que estão interessados em saber quem é Jesus na verdade.
Pense um pouco no que vou lhe dizer agora: Se você pegar um copo, estando numa praia, colocá-lo na água do mar e pegar um pouco dela e nela não houver nenhum peixe, você deduziria que não existe peixe no oceano?
Seria ridículo tirar uma conclusão baseado numa experiência tão pequena como essa. O mar é muito grande e as possibilidades de peixes existirem não podem está resumido num copo cheio de águas, mas que não contem nenhum peixe.
Erramos porque não lemos as Escrituras. Ficamos céticos e incrédulos quando não acreditamos no poder de Deus ou na sua existência.
O Cristianismo é a denominação dos seguidores de Cristo, os quais inicialmente eram chamados de “os do caminho”; conjunto das religiões que praticam a doutrina de Jesus Cristo.
O cristianismo decorre diretamente do judaísmo. O antigo pacto feito com os patriarcas e, depois ratificado por Moisés, foi transformado e modificado. Embora Jesus não tenha sido aceito por todos os judeus como o Messias, a evangelização foi aplicada no início apenas aos judeus e havia um grande número de convertidos. Foi após a crucificação que a evangelização foi estendida aos gentios.
Durante grande parte da pregação de Jesus, a religião dos saduceus e dos fariseus, religiões poderosas em seu tempo, opuseram-se contra sua mensagem. Mas mesmo assim a mensagem de Jesus se espalhou pelo mundo por meio dos seus discípulos e de seus seguidores.
Hoje o cristianismo tem crescido, trazendo a mesma mensagem de Cristo. Mensagem que incluí crer no seu convite para se obter uma transformação de vida. Crer em seu nome, crer ser Ele Deus, capaz de nos levar a ter uma vida eterna junto de Deus, o Pai. Salvando-nos da morte eterna, pois Ele é a fonte da vida. É Deus fazendo-se homem para através de um convite feito em nossa linguagem, fazer-nos seus filhos e herdeiros de uma vida que vai além dessa que temos agora.
Portanto uma mensagem de perdão, fé e amor. Uma graça que muitos estão deixando de receber. Uma graça que muitos estão abrindo mão.


Baseado em Marcos 8. 29.

____________________________

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Agnosticismo

Agnosticismo – A palavra agnoticismo tem origem em dois termos gregos a significa “não” e gnosis, “conhecimento”. Em palavras simples, um agnóstico é alguém que afirma não ser possível saber se existe ou não um Deus, tão pouco se Cristo é Deus.


Quer conhecer acesse:
Símbolos do Agnosticismo.

Ateísmo

Ateísmo – A palavra ateu procede de dois termos gregos: a significa “não” e theos significa “Deus”. O ateu não acredita na existência de Deus.





Quer conhecer acesse:
Símbolos do Ateísmo.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Bahaísmo

Bahaísmo – A fé bahai ensina que na história do mundo muitas religiões levaram o homem a Deus. Deus empregou inúmeros profetas como seus oráculos divinos. Jesus foi o principal em sua época, como o foram Buda, Moisés, Krishna, Zoroastro, Maomé e outros, em suas respectivas épocas. Os bahais acreditam que Baha´u´llah é o profeta de Deus para nossos dias.


Quer conhecer acesse:
Símbolos do Bahaísmo.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Budismo

Budismo – O budismo, que começou como uma filosofia adotada por Siddartha Gautama (Buda), tornou-se uma religião aproximadamente 200 anos após a morte de seu fundador, quando um segmento de seus seguidores o deificaram. Buda (o nome significa “o iluminado”) é tratado como um salvador-deus, embora tivesse afirmado ser apenas um professor. Os budistas consideram Jesus como um professor de moral menos importante que Buda – suas orações são oferecidas a Buda. O Deus principal do budismo é impessoal.




Quer conhecer acesse:
Símbolos do Budismo.

domingo, 24 de julho de 2011

Budismo Zen

Budismo Zen – Budismo Zen é o nome dado a um segmento do budismo que enfatiza a meditação para se descobrir a própria natureza e realidade-buda. O zen é uma fusão do budismo com o taoísmo. Como no budismo, a divindade se identifica com a natureza. Deus é uma essência inconsciente, impessoal, encontrada em todas as coisas; os membros desse sistema tem portanto, uma percepção aguda da arte e outras expressões estéticas. Jesus é admirado como um bom professor de moral.




Quer conhecer acesse:

Caminho Internacional

Caminho Internacional – O Caminho Internacional, fundado por dr. Victor Paul Wierwille, ensina que Jesus era um homem sem pecado, o Messias, nosso redentor, o Filho de Deus, mas não Deus. Os adeptos negam a pré-existência e eternidade de Cristo; a existência de Jesus começou na concepção, no ventre de Maria. Ao contrario da maioria dos grupos que negam a trindade e a divindade de Cristo, os membros do Caminho afirmam aceitar uma interpretação literal da Bíblia. (Como tal, eles devem estar dispostos a examinar o seu conteúdo.) O Caminho ensina que Deus é santo e é espírito, e que, ao falar do Espírito Santo (grafado espírito santo), a Bíblia se refere a um dom espiritual dado por Deus.





Quer conhecer acesse:
Símbolos de Caminho Internacional .

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Ciência Cristã

Ciência Cristã – Fundado por Mary Baker Eddy, este grupo nega a divindade de Cristo, afirmando que Jesus é o Filho de Deus, e não Deus. A Ciência Cristã ensina que “Jesus” é o homem e “Cristo” a noção divina que cura.


Quer conhecer acesse:
Símbolos da Ciência Cristã .

Cientologia (Igreja da Cientologia)

Cientologia (Igreja da Cientologia) – A cientologia, autodesignada como a “ciência do saber” ou “filosofia religiosa aplicada”, tem suas raízes no mundo da ficção científica, em lugar da tradição judaico-cristã. Ela não discute doutrinas como a trindade e a divindade de Cristo. Seu fundador, o escritor de contos fantásticos L. Ron Hubbard, publicou um livro chamado Dianetics: the Modern Science (“Dianática: A Ciência Moderna”) em 1950, onde introduziu suas teorias e técnicas terapêuticas. A cientologia, que agora vende os seus serviços, possui um vocabulário incomum, especializado, para denominar seus conceitos e procedimentos. 


Quer conhecer acesse:
Símbolos da Cientologia . 

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Confucionismo

Confucionismo – O Confucionismo, derivado do nome de Confúcio, é mais uma filosofia chinesa e um sistema político do que uma religião (embora promova a adoração de montanhas, rios, ancestrais, etc.). Nesse sistema, o “céu” é a mais elevada realidade espiritual, sendo esta usada no lugar  do nome de “Deus”. O Confucionismo é humanístico em seus conceitos, enfatizando o amor, a paz e a bondade em todos os níveis sociais. Ele quase não dá atenção ao sobrenatural e rejeita o conceito judaico-cristão de um Deus pessoal.




Quer conhecer acesse:
Símbolos do Confucionismo .

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Eckankar

Eckankar – Eckankar, a ciência da viagem da alma, como se afirma, foi fundada por Paul Twitchell, um “profeta, curandeiro, viajor espiritual. Trata-se de uma fusão do cristianismo ocidental com as religiões orientais. Da mesma forma que a fé bahai, esta dá credito a cada uma das principais religiões para ajudar o indivíduo a conhecer a Deus. Eckankar fala de um espírito santo através de quem passamos a conhecer a “realidade Divina” e entramos num estado de “compreensão de Deus”. Jesus é tratado como um homem que possuía “consciência de Cristo”. Como no hinduísmo, supõe-se que Sugmad, o “Ser Supremo” encarnou-se em muitos mestres ou gurus (tais como Jesus).




Quer conhecer acesse:
Símbolos do Eckankar .

terça-feira, 19 de julho de 2011

Espiritismo

Espiritismo – O espiritismo é uma classificação ampla que abrange muitas práticas e crenças espirituais (sessões, adivinhações, mediunidade, magia, feitiçaria, quiromancia, astrologia, horóscopo, etc.). Tais práticas e crenças têm existido há milhões de anos. Dependendo da pessoa envolvida no espiritismo, a maioria (embora não todas) rejeita a divindade de Cristo. De especial importância é a advertência bíblica de que tais pessoas estão dando abertura aos espíritos demoníacos, ao buscarem orientação espiritual de alguém ou algo além de Deus – práticas condenadas na Escritura.


Quer conhecer acesse:
Símbolos do Espiritismo . 

segunda-feira, 18 de julho de 2011

EST (Seminário de Treinamento Erhard)

EST (Seminário de Treinamento Erhard) – O EST foi iniciado por John Paul Rosenberg, que agora adotou o nome de Werner Erhard. Seus seminários caríssimos são programados para mudar nossos pensamentos sobre a realidade. O EST é uma filosofia que não aceita absolutos. O que “É” (est) é certo (quer seja bom, mau, maligno, etc.); não existe nada errado (exceto talvez na mente humana). Cada pessoa é seu próprio deus.



Quer conhecer acesse:
EST (Seminário de Treinamento Erthard) .

domingo, 17 de julho de 2011

Filhos de Deus (Família do Amor)

Filhos de Deus (Família do Amor) – Este grupo foi fundado por David Brandt Berg, apelidado de Mo (abreviatura de Moisés) pelos seus seguidores e considerado um professor. Não fica claro em seus escritos se ele acredita ou não na divindade de Cristo.


sábado, 16 de julho de 2011

Hare Krishna

Hare Krishna (Sociedade Internacional da Consciência Krishna) – O movimento Hare Krishna está arraigado no hinduísmo. Seu livro sagrado, o Bhagavad-Gita, é supostamente o resumo da Literatura Védica da Índia (escritos sagrados). Krishna é a “Suprema Pessoa da Divindade”, cheia de conhecimento e a causa de todas as causas. Como no hinduísmo, a ISKCON crê em muitos deuses. Brama, a alma do mundo impessoal (o equivalente mais próximo de “Deus”), se manifestou em milhões de deuses, sendo Krishna superior a todos eles. Krishna é chamado “Senhor” e recebe orações. Ele apareceu supostamente como homem em várias ocasiões (Buda foi presumivelmente uma de suas encarnações). Os conceitos cristãos de Deus e Cristo são rejeitados.




Quer conhecer acesse:
Símbolos do Hare Krishma .

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Hinduísmo

Hinduísmo – O hinduísmo surgiu da tradição oral da Índia e dos escritos sagrados (chamados Vedas). Ele não tem um fundador único. Brama é considerado a alma mundial abrangente por trás do universo, impessoal, mas manifestado em milhões de deuses, muitos dos quais se encontram na natureza. O hinduísmo é panteísta, vendo todas as coisas (árvores, etc.) como parte de Brama. Jesus é considerado uma manifestação especial de Brama, um pouco mais do que qualquer outra pessoa. Todas as pessoas são consideradas espíritos (atman) que de alguma forma se separaram de Brama. O principal objetivo da vida, segundo o hinduísmo, é ser absorvido de volta para Brama.


Quer conhecer acesse:
Símbolos do Hinduísmo .

quinta-feira, 14 de julho de 2011

I-Ching

I-Ching – I-Ching signica “Livro das Mudanças”. Trata-se de um método muito complexo de buscar a orientação espiritual mediante o uso do livro I-Ching. Sua origem é chinesa e já existia antes de Cristo. Teve grande influencia sobre o confucionismo e taoísmo, e está ganhando novamente popularidade em muitas religiões e seitas orientais, assim como entre os jovens que não possuem quaisquer raízes religiosas particulares.


Quer conhecer acesse:
Símbolos do I-Ching .

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Igreja da Unificação

Igreja da Unificação – A Igreja da Unificaçao (ou a seita do reverendo Moon, como o grupo é chamado) foi fundada por Sun Myung Moon da coréia. Jesus é tido como o filho de Deus, e não Deus. A Unificação ensina que Jesus trouxe redenção espiritual à terra, mas morreu prematuramente. Sun Myung é considerado o Novo Messias, que trará redenção física à terra e terminará o que Jesus não concluiu. O Espírito Santo é visto como a contraparte feminina de Deus Pai.


Quer conhecer acesse:
Símbolos da Igreja da Unificação . 

terça-feira, 12 de julho de 2011

Igreja de Deus Radiofônica

Igreja de Deus Radiofônica – Esta igreja, fundada por Herbert W. Armstrong, foi perpetuada por seu filho, Garner Ted Armstrong. Os Armstrongs acreditavam na divindade de Cristo, mas não no sentido ortodoxo da palavra. Para eles, a palavra “família” de crentes irá abranger finalmente o próprio ser de Deus. (“Seremos então Deus”) Eles não acreditam na trindade.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Igreja de Jesus Cristo dos Santos Últimos Dias

Igreja de Jesus Cristo dos Santos Últimos Dias (Reorganizada) – Tanto esta igreja como a dos mórmons têm Joseph Smith como seu fundador, e ambas seguem o Livro dos Mórmons (os mórmons também aceitam vários outros livros). Depois da morte de Joseph Smith, a igreja se dividiu, com o ramo mórmon seguindo Brigham Young e a Igreja de Jesus Cristo dos Santos Últimos Dias Reorganizada seguindo o filho de Joseph Smith. Esta última é muito mais ortodoxa em seus conceitos. Eles acreditam na divindade de Cristo  e na trindade, embora hajam provas de que Joseph Smith não tivesse essa crença. (Dois meses antes de seu assassinato, Joseph Smith declarou num discurso que o Pai fora um homem da mesma forma que Jesus – um ponto de vista consistente com o mormonismo atual).

domingo, 10 de julho de 2011

Islamismo

Islamismo – O Islamismo é uma religião que acredita num só Deus, Alá. Seus adeptos são chamados muçulmanos. Jesus é considerado um profeta. Juntamente com Adão, Noé, Abraão, Moisés, etc. A maioria dos relatos do Novo Testamento sobre a vida de Jesus é rejeitada pelos muçulmanos como sendo falsos e historicamente incorretos (e.g. eles acreditam que Judas, e não Jesus, morreu na cruz). Maomé, fundador do islamismo, é venerado como o principal profeta de Alá.

Quer conhecer acesse:

sábado, 9 de julho de 2011

Jainismo

Jainismo – O Jainismo, fundado por Mahavira, é uma religião oriental que surgiu do hinduísmo. Ele não crê num ser supremo. Mahavira é considerado um salvador pelos jainistas, que aderem a um estilo de vida ascético, não violento, tentando livrar-se de carmas negativos (más obras que se apegam à alma). Os jainistas tentam negar a si mesmos qualquer prazer e qualquer coisa que os ligue ao mundo carnal.




Quer conhecer acesse:
Símbolos do Jainismo .

Judaísmo


 Judaísmo – O Judaísmo seguiu muitos caminhos através dos séculos. É possível ser judeu seja por nacionalidade ou por religião. Por exemplo, alguém pode ser ateu ou agnóstico e continuar sendo judeu por nascimento. O indivíduo pode nascer gentio, converter-se ao judaísmo e tornar-se assim judeu, no sentido religioso da palavra. A primeira igreja cristã era inteiramente judia. O judaísmo e o cristianismo não eram e não precisam ser mutuamente incompatíveis. Existem muitos judeus messiânicos (ou cristãos israelenses) seguidores de Cristo, que o consideram seu Messias e Senhor. De forma geral, porém, os judeus rejeitaram Jesus como seu Messias através dos séculos. Muitos continuam crendo no Deus de Abraão, apesar de apenas uma porcentagem relativamente pequena ainda aceitar como literalmente verdadeiro todo o Antigo Testamento. Alguns judeus dizem que Jesus era bem intencionado ou um bom professor. Muitos, porém, o consideram uma ilusão ou fraude.

Quer Conhecer acesse:


sexta-feira, 8 de julho de 2011

Meditação Transcendental

Meditação Transcendental (MT) – A MT foi fundada por Maharishi Mahesh Yogi e suas origens são, portanto, hindus. Superficialmente, a MT parece ser mais uma filosofia do que uma religião, com ênfase na paz interior, no relaxamento, na meditação e na totalidade psicológica. Os ensinos e cerimônias religiosas da MT são, porém, fortemente hindus com aplicações ocidentais. Cristo é respeitado como um bom professor de moral.




Quer conhecer acesse:

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Missão da Luz Divina

Missão da Luz Divina – Este movimento, fundado pelo guru Maharaj Ji, é de origem hindu. Ele prega que Deus revelou seu conhecimento através  de vários Mestres divinos no passado (Jesus, Krishna, etc.). Maharaj Ji é visto como o novo Mestre para guiar os homens e mulheres hoje ao conhecimento da verdade.




Quer conhecer acesse: