Páginas

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

O Redentor - Soteriologia - E.T. - Parte 1

Entraremos hoje na parte da soteriologia que trata do Redentor. E para início do nosso assunto, iniciarei com duas perguntas do Catecismo (o Catecismo tem sido ensinado neste blog).

A pergunta de número 21 do Catecismo trata da encarnação de Cristo: “Quem é o Redentor dos escolhidos de Deus?” E a resposta para essa pergunta é a seguinte: “O único redentor dos escolhidos de Deus é o Senhor Jesus Cristo que, sendo o eterno Filho de Deus, se fez homem, e assim foi e continua a ser Deus e homem em duas naturezas distintas, e uma só pessoa, para sempre”.

Em seguida vem outra pergunta que segue a lógica de pensamento: “Como Cristo, sendo o Filho de Deus, se fez homem?”, e a resposta para esta pergunta é a seguinte: “Cristo, o Filho de Deus, fez-se homem tomando um verdadeiro corpo, e uma alma racional, sendo concebido pelo poder do Espírito Santo no ventre da virgem Maria, e nascido dela, mas sem pecado”.

Não podemos falar sobre esse assunto sem antes mencionar o que diz as Escrituras sobre este assunto. Pois Cristo é o Messias que havia de vir.


As Escrituras diz que Cristo é a semente da mulher, mas não do homem (Gêneses 3.15). E esta profecia se cumpriu no seu nascimento virginal, leia também Mateus 1.20-30.

Outras coisas que as Escrituras dizem sobre Jesus é que Ele seria semente de Abraão (Gênesis 22.18). Viria da tribo de Judá (Gênesis 49.10). Seria um profeta semelhante a Moisés (Deuteronômio 18.15). Seria filho de Davi (Isaias 11.1; Jeremias 23.5).

As Escrituras também mostram o tempo de seu aparecimento, que seria enquanto estivesse de pé o segundo templo (Ageu 2.9; Malaquias 3.1). Narra também que seria no fim das setenta semanas, conforme Daniel 9.24-27. Diz também qual seria o lugar de seu nascimento (Miqueias 5.2), sobre seu precursor (Isaías 40.3; Malaquias 3.1).

As Escrituras dizem ainda que Ele seria declarado divino (Isaías 9.6; Isaías 7.14), fala sobre a natureza do Seu ministério (Isaías 61.1-3; Lucas 4.18-21), Sua crucificação (Salmo 22) e Seu sacrifício vicário (Isaías 53).


Todos esses aspectos da profecia se cumpriram em Jesus Cristo e não se pode aplicar a nenhum outro.

Edershein, famoso judeu, convertido a Cristo, que escreveu um Best seller “A vida nos tempos de Jesus”, nascido na Áustria, chegou a escrever: “Se Cristo não é o Messias, pelo menos realizou as obras do Messias. Se Ele não é o verdadeiro Messias, o mundo jamais teve e jamais poderá ter um Messias”.

No próximo mês continuaremos falando sobre esse tema, e veremos o que está envolvido na Sua encarnação. 

Até lá.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Confissões de Fé – Parte 9

Sei que o assunto deve parecer chato para alguns e até mesmo fora de moda. Mas é uma forma de manter a pureza da doutrina cristã.

O apóstolo Pedro nos diz para explicar a quem nos perguntar qual a razão da nossa esperança (1 Pedro 3. 15). A nossa confissão dá testemunho de nossa fé. E serve como defesa aos ataques de heresias das quais muitas igrejas tem se deixado dominar, devido a sua vulnerabilidade, por não possuir uma confissão de fé.

Este quadro é para auxiliar tanto a cristãos como os incrédulos a entende aquilo em que cremos. E útil também para corrigir pastores e mestres, caso eles estejam se desviando da fé.

Ajuda ainda a sinalizar aos cristãos a analisarem o que está sendo ensinado nas igrejas, como faziam os bereanos: “Os bereanos eram mais nobres do que os tessalonicenses, pois receberam a mensagem com grande interesse, examinando todos os dias as Escrituras, para ver se tudo era assim mesmo.” – (Atos 17. 11 - NVI).

Portanto é útil como meio de estudo, testemunho da fé, meio de manter a pureza da doutrina e defesa contra os ataques de heresias e outras religiões.


Breve Catecismo de Westminster

PERGUNTA 17: Qual foi o estado a que a queda reduziu o gênero humano?

RESPOSTA: A queda reduziu o gênero humano a um estado de pecado e miséria.

Referências: Rm 5.12.

PERGUNTA 18: Em que consiste o estado de pecado em que o homem caiu?

RESPOSTA: O estado de pecado em que o homem caiu consiste na culpa do primeiro pecado de Adão, na falta de retidão original e na corrupção de toda a sua natureza, o que ordinariamente de chama Pecado Original, juntamente com todas as transgressões atuais que procedem dele.

Referências: Rm 5.18-19; Ef 2.1-3; Rm 8.7-8; Sl 51.5.

Fibromialgia – Convivendo Com Os Sintomas (Prognóstico)

Seguindo na mesma direção da postagem: Depressão – A Interação Entre Medicamentos e Alimentação, do mês passado, hoje quero falar de outro problema que tortura mais de 4 milhões de pessoas no país. Calcula-se que atinja 3% das mulheres e 0,5% dos homens adultos.

O diagnóstico da doença é sempre clínico, já que não existem exames específicos para detectá-la. Trata-se da Fibromialgia. E hoje se sabe que há 18 pontos doloridos ligados à fibromialgia: nos ombros, articulações dos braços e pernas, próximo ao pescoço, nos glúteos e outros. Quando ao menos onze deles são identificados, é provável que se esteja diante de uma vítima. E além do sofrimento físico, pacientes com fibromialgia enfrentam a desconfiança de familiares e até de profissionais de saúde.

Fibromialgia é uma síndrome dolorosa crônica sem inflamação. O paciente sente dores no corpo inteiro. Muitas vezes é difícil dizer onde está doendo pois logo a dor aparece em outro local. Essa doença caracteriza-se por dores no corpo, fadiga e alterações no sono.

Apesar de atacar, sobretudo nas mulheres, pode ocorrer também em homens. Para caracterizar-se a doença, porém, é preciso haver dor por pelo menos três meses.


Não se sabe a causa, mas acredita-se que seu cérebro, pela diminuição da serotonina, perde a capacidade de regular a dor e os impulsos são interpretados erroneamente. Isso nos faz lembrar que cada vez que fixamos nossa atenção em alguma coisa, avivamos e treinamos as partes correspondentes do nosso cérebro. Esse é um ponto a levar em consideração.

Entre os sintomas da Fibromialgia estão as dores por todo o corpo durante longos períodos, com sensibilidade nas articulações, nos músculos, tendões e em outros tecidos moles. A fibromialgia está diretamente ligada também à fadiga, distúrbios do sono, dores de cabeça, depressão e ansiedade. Doentes queixam-se, ainda, de formigamento principalmente nas mãos, nos pés e no meio das costas; sensação de inchaço; alterações no funcionamento do intestino – ora está preso, ora apresenta diarréia.

Pesquisadores acreditam que a síndrome é causada por um descontrole na forma como o cérebro processa os sinais de dor.

Diante tudo isso, o que fazer para se conviver com a Fibromialgia, ou qual o seu prognóstico?

Quem apresenta quadros de dores crônicas precisa em seu organismo de proteína, ferro, cálcio e vitaminas do complexo B. O problema está em que os medicamentos costumam dificultar a absorção desses nutrientes. E a carência desses nutrientes pode estar relacionada ao aumento do desconforto generalizado.

Para maior eficácia, para o tratamento de fibromialgia é bom unir medicamentos e cuidados não medicamentosos. O foco é evitar a incapacidade física, minimizar os sintomas e melhorar a saúde de modo geral.

Portanto, para o tratamento pode-se incluir: O tratamento pode envolver: Fisioterapia, Programa de exercícios e preparo físico, Métodos para alívio de estresse, incluindo massagem leve e técnicas de relaxamento, Terapia cognitivo comportamental, Acupuntura e Alimentação.

Outros cuidados incluem: Seguir uma dieta bem balanceada, Evitar cafeína, Manter uma boa rotina de descanso para melhorar a qualidade do sono, Reduzir o estresse diário, Durma o suficiente para estar descansado no dia seguinte, Exercite-se regularmente, Mantenha um mesmo ritmo de vida e Preserve um estilo de vida saudável.


Em seu autorretrato 'A coluna quebrada', de 1944,
a artista mexicana Frida Kahlo expressa sua dor por
meio  dos pregos espalhados por todo o corpo

 Segue-se uma lista de alguns alimentos que devem fazer parte de quem sofre com fibomialgia:

Triptofano: Aminoácido antidepressivo que ajuda a sintetizar a serotonina. A serotonina ajuda a regular a sensação de dor, do humor e do sono. Fontes alimentares: ovos, carnes, leite, banana, iogurte, queijo, frutas secas, ômega 3 e chocolate.

Magnésio: Mineral que ajuda no relaxamento dos músculos. Função: síntese protéica, contractilidade muscular, excitação dos nervos. Fontes: cereais integrais, vegetais verdes escuros, nozes, damasco seco, gérmen de trigo, grãos de soja, carnes, leite.

Cálcio: Mineral importante para contração dos músculos. A falta de cálcio pode causar câimbras. Fontes: leite e derivados, coalhada, queijo, couve, brócolis, flocos de cereais, gergelim, amêndoas, castanha do Pará, farinha de soja.

Vitaminas do complexo B: É um conjunto formado por 7 vitaminas (B1, B2, B3, B5, B6, B9 E B12) com atuação em diversas vias metabólicas, entre elas a produção de energia, o funcionamento do sistema nervoso, função cognitiva, proteção do sistema cardiovascular e manutenção da saúde da pele, cabelos, olhos e sistema gastrointestinal. Sua carência pode causar falta de energia, fadiga, dor de cabeça, alterações na língua, perda de peso, queda de cabelo, alterações no humor e depressão. As vitaminas do complexo B são encontradas, principalmente, nos cereais, carnes e sementes, sendo interessante a sua suplementação quando, apenas pela alimentação, não é possível atingir as recomendações diárias desses nutrientes.

Vitamina E: Ajuda na prevenção de câimbras nas pernas, que costumam acontecer por causa do aumento da circulação sangüínea. Função: Potente antioxidante. Previne danos à membrana celular e aumenta a absorção de vitamina A, além de proteger as hemácias. Atua também na manutenção do tecido epitelial. Fontes: nozes, germe de trigo, carnes, amendoim, gema de ovo.

Manganês: Estimula atividades enzimáticas, tais como antioxidação e produção de energia. Fontes: cereais integrais, avelã, grãos de soja.

A Fibromialgia é uma doença crônica, não inflamatória, que se apresenta com dor difusa pelo corpo, contínua e persistente. Geralmente associada a outros sintomas tais como cansaço crônico e distúrbio de sono. Como toda doença crônica, o objetivo do tratamento é o controle da doença. A princípio não tem cura. Trata-se com atividade física continuada, e às vezes medicamentos devem ser mantidos por longo tempo.

Espero ter ajudado com este post. E fique atento para o próximo mês.

Até lá.


Leia também:




Atenção: Para adquirir quaisquer dos produtos citados, basta clicar nas palavras destacadas e você será direcionado direto para a loja.
  

domingo, 25 de setembro de 2016

O Objetivo da Vida É Aprender Amar

Uma pergunta que muita gente faz é a seguinte: “Em que consiste a vida?”

Entra ano e sai ano, e muita gente não consegue encontrar um sentido para sua vida. Alguns se dedicam aos estudos, outros ao trabalho. Há quem se dedique a uma religião. Poucos a conquista de imóveis.

Em finais de ano, grande é a quantidade de pessoas que preparam suas listas de presentes, seja para se dar ou para receber. Mas nesta lista nunca está presente o amor.

Pode ser pelo fato de que objetos são feitos para se possuir, ao passo que o amor existe para se relacionar. E as ocupações são um grande inimigo para os relacionamentos.

Vivemos uma época de aquisições. O “ter” tomou o lugar do “ser”. Mas o que mais importa na vida são os relacionamentos, e não as realizações e as compras de bens. Pois o objetivo da vida é aprender a amar. E devemos aprender amar tanto a Deus quanto as pessoas.

Jesus deu muita ênfase ao amor. Também o apóstolo Paulo. E esta ênfase é justamente pelo fato do amor ser algo que dura para sempre. Ele é eterno.


Quando Paulo escreveu aos crente de Corinto, ele escreveu em sua carta dizendo: “Assim permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor O maior deles, porém, é o amor” (1 Coríntios 13.13).

A importância disso é que o amor deixa legado.

Madre Tereza certa vez disse: “Não é o que você faz, mas quanto amor você dedica no que faz que realmente importa”. Pois não são suas façanhas ou sua riqueza que deixará uma influência duradoura na vida de alguém, ou até mesmo na terra. Mas, a forma de você tratar outras pessoas.

Portanto, quando você se perguntar, ou, ouvir alguém perguntar: “Em que consiste a vida?” Responda prontamente: “A vida consiste em amar”.

Seja sábio, aprenda essa verdade o mais rápido possível. Não espere estar no leito de morte para descobrir essa verdade.

Leia Também:


sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Ser Cristão #1

Neste momento estou me lembrando de uma canção da cantora Andréa Fontes que diz:

Ser cristão, não é ser somente um ''crente'',
É viver bem diferente, neste mundo de ilusão

A canção ainda diz que :

Ser cristão não é viver de qualquer jeito,
É somente andar direito na presença do Senhor
Ser cristão não é viver mal humorado,
Meu irmão tenha cuidado, com sua vida de cristão

Ser cristão não é sempre um mar de rosas,
O cristão enfrenta provas, que vêm provar sua fé

Ser cristão, é viver testemunhando,


Todavia existem muitos “crentes” que não praticam o cristianismo, ou melhor, não praticam os ensinos do Evangelho.

A arrogância ganha lugar em suas vidas por se considerarem melhores que as outras pessoas, ao contrário do que Jesus ensinou: “Portanto, quem se faz humilde como esta criança, este é o maior no Reino dos céus.” (Mateus 18.4).

“Como esta criança” inclui ser simples, humilde, alegre e sincero.

De uma forma ou de outra sempre estamos dando testemunho de nossa fé. Seja ele positivo ou negativo. E ao invés de fazer o que Jesus mandou: “Por onde andardes, anunciai que o Reino dos céus está próximo.” (Mateus 10.7), dão testemunho contrário desse.

Pois por onde andam só levam desavença, mentira, inveja, ingratidão, ciúme, intriga, calúnia e coisas do gênero. Não sabem amar e por isso não são amados. Não sabem ser gente boa, gente do bem, que praticam a bondade. 

Cuidado pois, “aquilo que o homem semear, isso também colherá” (Gálatas 6. 7).

Ser cristão não é viver mal humorado, como diz a canção. E todos sabemos que também não é um mar de rosas. Existem pessoas difíceis de “digerir”, mas como instruiu o apóstolo Paulo: “Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens.” (Romanos 12.18).

O Evangelho é muito simples:

É somente andar direito na presença do Senhor
Ser cristão não é viver mal humorado,
Meu irmão tenha cuidado, com sua vida de cristão


Leia também:
Ser Cristão #2.

Ser Cristão #2

Certa vez ouvi contar uma estória, e achei interessante, por isso vou relata-la aqui:

Havia uma congregação e um ministro que cuidava muito bem de seus fieis. Todos o amavam e respeitavam pela sua sinceridade, honestidade e princípios morais.

Certa vez uma de suas fieis o procurou para pedir sua orientação sobre algo que ela havia feito. Ele a levou para dentro da congregação e conversou com ela. E como era muito sincero, falou o que aquela mulher precisava ouvir.

Ela, porém, não ficou satisfeita com os conselhos que o ministro lhe falou. Sentiu-se ofendida e resolveu sair dali e falar o que o ministro lhe fizera sentir.

Ela espalhou falsas acusações por onde passava e a notícia se espalhou por toda a cidade e pelo estado. Com isso a congregação foi diminuindo e o ministro vendo o povo sumir sem entender o que se passava.

Até que um dia, outra fiel vendo a tristeza do ministro, foi até ele e falou o que tinha acontecido. Ele então procurou alguns dos fieis que haviam saído da igreja e falou sobre o mal entendido. Alguns que o conheciam voltaram prontamente após saberem o que na verdade havia acontecido. Outros que moravam um pouco mais distante, e que aos poucos iam conhecendo a verdade, também voltaram. Mas aqueles que moravam em outras cidades, e que haviam se afastado e não mais tiveram contato com o ministro, e nem com ninguém da congregação, permaneceram na sua ignorância.

A mulher, responsável por toda aquela situação, arrependida, foi procurar o ministro para lhe pedir o perdão. Então ele a recebeu, levou a mulher até o jardim, pegou uma flor dente-de-leão, e depois a chamou até o alto da congregação, onde entregou a flor à mulher e pediu para que ela a soprasse. E ao sopra-la a flor ia aos poucos perdendo suas sementes. Até que não sobrou uma.

Algumas dessas sementes caíram próximas aos pés da mulher, outras voaram e caíram no jardim da congregação, outras passaram pelo muro e caíram na rua, outras voaram ainda mais distantes e passaram por cima das casas vizinhas, sem que se pudesse saber onde elas cairiam.


O ministro e a mulher observaram toda essa cena. A mulher não entendeu nada daquilo e voltou a perguntar se o ministro a perdoava e o que ela poderia fazer para se redimir.

O ministro olhou para o chão, vendo as sementes de dente-de-leão ali caídas e disse:

- É possível você recolher todas as sementes dessa flor que você soprou?
- Não senhor. Pois algumas delas foram para muito distante e eu não sei onde caíram. – Respondeu a mulher.
- Pois é minha filha, apesar de perdoar você, eu terei de viver com as consequências do seu ato.

Essa estória reflete muito bem o que ensinou Tiago em sua carta:

“Meus irmãos, somente poucos de vocês deveriam se tornar mestres na Igreja, pois vocês sabem que nós, os que ensinamos, seremos julgados com mais rigor do que os outros. Todos nós sempre cometemos erros. Quem não comete nenhum erro no que diz é uma pessoa madura, capaz de controlar todo o seu corpo. Até na boca dos cavalos colocamos um freio para que nos obedeçam e assim fazemos com que vão aonde queremos. Pensem no navio: grande como é, empurrado por ventos fortes, ele é guiado por um pequeno leme e vai aonde o piloto quer. É isto o que acontece com a língua: mesmo pequena, ela se gaba de grandes coisas.

Vejam como uma grande floresta pode ser incendiada por uma pequena chama! A língua é um fogo. Ela é um mundo de maldade, ocupa o seu lugar no nosso corpo e espalha o mal em todo o nosso ser. Com o fogo que vem do próprio inferno, ela põe toda a nossa vida em chamas. O ser humano é capaz de dominar todas as criaturas e tem dominado os animais selvagens, os pássaros, os animais que se arrastam pelo chão e os peixes. Mas ninguém ainda foi capaz de dominar a língua. Ela é má, cheia de veneno mortal, e ninguém a pode controlar.” (Tiago 3.1-8).

Ser cristão é ser como a flor dente-de-leão, que apesar de ser pequena e sensível, faz com que suas sementes voem para encontrar um lugar para cair e brotar. Fazendo com que as crianças fiquem felizes em brincar de soprá-las.

Esta flor é uma bela e simples obra da natureza criada por Deus para enfeitar o mundo. Sejamos crentes maduros capazes de frear nossa língua e enfeitar a vida daqueles que carecem de nossa compaixão. 

E nunca se esqueça que a calúnia é igual a carvão, quando não queima suja.

Leia também:
Ser Cristão #1.

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Algum Dia A História Será Encerrada

Certa vez William Carey disse: “O futuro é tão brilhante quanto as promessas de Deus”.

William Carey, conhecido como o "pai das missões modernas", nasceu em 17 de agosto de 1761, em Paulerspury, Reino Unido. Ele foi um dos fundadores da Sociedade Batista Missionária de Londres, na Inglaterra. Em 1793 navegou com sua família para a Índia para compartilhar a mensagem de Jesus. Lá ele enfrentou tantos sofrimentos que é incrível que não tenha abandonado seu chamado. Não tendo, a princípio, bons resultados. Tendo inclusive visto a morte de sua esposa. Continuou na batalha e influiu na abolição do Sati, um ato pagão onde viúvas eram queimadas vivas.

William Carey, em 40 anos de ministério, traduziu mais versões da Bíblia do que em toda a história do Cristianismo até aquela época. Ficou conhecido como O Amigo da Índia e O Pai das Missões Modernas. Faleceu em 9 de junho de 1834, em Serampore, Índia.


Porque estou escrevendo isto?

Por que algum dia, a história será encerrada, mas a eternidade seguirá para sempre.

A história de William Carey nos mostra que quando tudo parecer difícil, a ponto de você sentir que é difícil cumprir os propósitos de Deus para sua vida, não ceda ao desânimo. Lembre-se da promessa de Deus para você, ela durará para sempre. Veja o que a Bíblia diz: “pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles.” (2 Coríntios 4.17).

Um dia apresentaremos nossa vida diante de Deus, e quando esse dia chegar estaremos louvando a Cristo em profunda gratidão.

NOTA: Para conhecer mais sobre a história de WILLIAM CAREY, clique aqui!

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Independência ou Morte - Mc 16. 9 / Jo 8. 36



Mensagem ministrada no culto de quarta-feira, 04/Set/2013.
Culto da Vitória, na IPV de Vila Americana