Páginas

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Confissões de Fé - Parte 19

Sei que o assunto deve parecer chato para alguns e até mesmo fora de moda. Mas é uma forma de manter a pureza da doutrina cristã.

O apóstolo Pedro nos diz para explicar a quem nos perguntar qual a razão da nossa esperança (1 Pedro 3. 15). A nossa confissão dá testemunho de nossa fé. E serve como defesa aos ataques de heresias das quais muitas igrejas tem se deixado dominar, devido a sua vulnerabilidade, por não possuir uma confissão de fé.

Este quadro é para auxiliar tanto a cristãos como os incrédulos a entende aquilo em que cremos. E útil também para corrigir pastores e mestres, caso eles estejam se desviando da fé.

Ajuda ainda a sinalizar aos cristãos a analisarem o que está sendo ensinado nas igrejas, como faziam os bereanos: “Os bereanos eram mais nobres do que os tessalonicenses, pois receberam a mensagem com grande interesse, examinando todos os dias as Escrituras, para ver se tudo era assim mesmo.” – (Atos 17. 11 - NVI).

Portanto é útil como meio de estudo, testemunho da fé, meio de manter a pureza da doutrina e defesa contra os ataques de heresias e outras religiões.


Breve Catecismo de Westminster

PERGUNTA 37: Quais são as bênçãos que os fiéis recebem de Cristo na hora da morte?

RESPOSTA: As almas dos fiéis na hora da morte são aperfeiçoadas em santidade, e imediatamente entram na glória; e os corpos que continuam unidos em Cristo, descansam na sepultura até a ressurreição.

Referências: Ap 14.13; Lc 23.43; At 7.55, 59; Fp 1.23; 1Ts 4.14; Jo 5.28-29; 14.2-3; Hb 12.22-23.
       
 PERGUNTA 38: Quais são as bênçãos que os fieis recebem de Cristo na ressurreição?

RESPOSTA: Na ressurreição, os fieis, sendo ressuscitados em glória, serão publicamente reconhecidos e absolvidos no dia de juízo, e tornados perfeitamente felizes no pleno gozo de Deus por toda a eternidade.

Referências: 1Co 15.43; Mt 10.32; 25.34; Sl 16.11.

            
                    DÊ UMA BÍBLIA A QUEM VOCÊ AMA!



(Com Certificado + Histórico + Carteirinha) 

Videos aulas exclusivas, Apostilas digitais, Áudio aulas, Suporte com professores, Fórum e Grupo de estudos. Pagamento Único. Sem Mensalidades!



Objetivo: O Programa do Curso visa o desenvolvimento da capacidade de pesquisa científica no campo teológico, com a produção de resultados relevantes para a teologia, bem como a formação de professores de Teologia e de assessores teológicos a organismos nacionais, regionais ou eclesiásticos. 

Campo de Atuação: Liderança Cristã - desenvolver atividades administrativas, docência bíblica na comunidade. Aconselhamento Pastoral - às famílias, adolescência, confortando, exortando, ensinando no temor de Deus. Missões - implantar igrejas nas áreas urbanas e rurais, não alcançadas pelo evangelho. Evangelismo - levar a mensagem de esperança e salvação das escrituras ao próximo Docência - exercer uma atuação educativa nos estabelecimentos de educação que necessitem de formação teológica, Igrejas, Seminários.

sábado, 22 de julho de 2017

O Fato é Verdade. A interpretação é Mentira

A pessoa de Jesus Cristo é admirada por alguns, adorado por outros e odiado por muitos.

Ferramentas e métodos modernos para estudos da história são usados para investigar sua pessoa e sua vida, de forma a melhor entender esse personagem tão controverso da história da humanidade.

Todavia, o Jesus histórico muitas vezes é contraposto ao Cristo da fé. Supõe-se que haja uma grande lacuna entre a pessoa histórica (o Jesus que de fato existiu), e o Jesus proclamado pelos apóstolos, como encontramos no Novo Testamento.

Mas, não podemos nos esquecer de um detalhe importante:

O fato é verdade. A interpretação é mentira.

O fato: Jesus existiu, basta olhar nosso calendário, que registra fatos ante de Cristo (A.C.), e depois de Cristo (D.C.).

E a opinião de cada um não muda esse fato. Pouco importa se você crer Nele ou não. Ele existiu e ponto final.


A interpretação: esta consiste em estabelecer significado a um conteúdo, seja ele uma linguagem formal, artificial ou simbólica. Acaba se tornando quase um conteúdo de normas.

Portanto, a interpretação vai incluir a crença, o interesse, e opiniões de quem faz a interpretação, uma vez que é quase impossível uma interpretação neutra. Sem interesses pessoais de quem a faz.

Não fica tão difícil entender porque tantas interpretações erradas acerca de Jesus, como por exemplo: Pensar que Jesus veio trazer para nós, apenas o roteiro de um bom viver e o ensinamento de que a morte não existe. Ou de que Jesus é apenas o nosso guia e modelo. Ou ainda, que o papel fundamental de Jesus, foi o de nos ensinar o amor ao próximo,e a vida depois da morte física.

Recentemente vi a resposta de uma pessoa no Yahoo resposta onde ela diz: “Jesus Cristo, para mim, foi antes de tudo um lutador, um homem de coragem. Ele não precisa ser o filho de Deus para ser respeitado e admirado.”.

Isso faz parte das interpretações. E por mais bonito que possa parecer, elas não correspondem ao fato.

Isso está se arraigando nas igrejas, e as igrejas estão cada vez mais fazendo do cristianismo uma religião para convencer as pessoas, de questões que nada tem a ver com o Evangelho de Cristo. Isso significa que a religião fala o que quer e inventa os dogmas que bem entende.

Se você é daqueles que não lê a Bíblia, está no sal. Pois a própria Bíblia diz:

“Meu povo foi destruído por falta de conhecimento. "Uma vez que vocês rejeitaram o conhecimento, eu também os rejeito como meus sacerdotes; uma vez que vocês ignoraram a lei do seu Deus, eu também ignorarei seus filhos.”” (Oséias 4.6).

Você será apenas mais um preso aos dogmas religiosos, e se esquecerá da liberdade que o verdadeiro Evangelho oferece.


Interpretação nem sempre condiz com o fato. E isso é um fato.

Leia também:


Bíblia Sagrada Vinho e Rosa - Luxo - Letra Gigante 
Sociedade Bíblica Do Brasil
R$ 38,00

em até 1x de R$ 38,00 sem juros.
Com formato mais compacto, 
esta edição da Bíblia Sagrada 
possui letras gigantes que 
permitem maior conforto à leitura.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Os Maiores Problemas Começam Com A Nossa Boca

É preciso que as pessoas se conscientizem de uma coisa: Que os maiores problemas começam com a nossa boca.

Constantemente somos feridos por nós mesmos. Mas é claro, há também uma parcela que cabe aos outros, e também as circunstâncias da vida. E a dor pode parecer terrível.

Tentamos alivia-la e criamos, sem que desejássemos, dependências que provocam exatamente aquilo que tentamos evitar: mais feridas e mais sofrimentos.

Coisas que nos deixam entalados.

O evangelista Mateus, em seu livro, conta o relato de um acontecimento onde Jesus fala de um peixinho entalado: “... vá ao mar e jogue o anzol. Tire o primeiro peixe que você pegar, abra-lhe a boca, e você encontrará uma moeda de quatro dracmas. Pegue-a...” (Mateus 17.27)

O interessante nessa história é que o peixinho estava lá, esquecido. Ninguém jamais faria nada por ele. Nem teria conhecimento do seu mal. Possivelmente morreria entalado com aquela moeda na boca. Mas Jesus Conhecia. E providenciou para que aquele peixinho fosse salvo.

Da mesma forma, Jesus conhece também o seu dilema. Todos nós temos uma história que merece ser levada em conta.


Você talvez se sinta como aquele peixinho esquecido. Sendo sufocado. Esperando a hora de perecer. Vendo suas feridas sendo abertas e tornando sua vida muito dolorosa.

Ou talvez esteja tentando sobreviver, e encontrar forças para falar de suas lutas, pensamentos, ideias e sentimentos de medo e rejeição. Tudo isso são como aquelas dracmas que sufocavam o pobre peixinho.

Entenda uma coisa meu amigo: Quem não aceita aquilo que lhe sobrevém, não entendeu nada da vida. Pois o Evangelho é assim, ele fala a verdade. Isso faz bem para você. Faz bem pra vida.

O problema é que a doutrinação se tornou apenas uma atitude ética. Meramente comportamental. Não é mais algo produzido pela fé. É apenas uma obrigação comportamental, criado pela obrigação. Não é algo espontâneo, motivado pela alegria. Pelo amor.

Mas como eu já disse: Assim como Jesus conhecia aquele peixinho Ele também conhece você. Você não está esquecido. Ele te ama.

Experimente deixar de fazer as coisas do seu jeito. Pelo menos uma vez arrisque. Você não terá nada a perder. Pois se Jesus for uma farça, nada de mais lhe acontecerá. Mas, se Jesus tem o poder de transformar a vida, você logo descobrirá.

Tristeza, doença, desemprego, problemas familiares e vícios são coisas que acontecem. São coisas que nos deixam entalados. Então, deixe de ver Deus apenas como um facilitador das coisas e o busque como o Deus salvador. E o adore mesmo que as coisas não pareçam boas as suas vistas.

Deixo a todos essa oração:

"O Senhor te abençoe e te guarde; o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te conceda graça; o Senhor volte para ti o seu rosto e te dê paz.” (Números 6.24-26).
  
Leia também:
Como Um Peixinho Entalado.



Bíblia Sagrada Vinho e Rosa - Luxo - Letra Gigante 
Sociedade Bíblica Do Brasil
R$ 38,00
em até 1x de R$ 38,00 sem juros.
Com formato mais compacto, 
esta edição da Bíblia Sagrada 
possui letras gigantes que 
permitem maior conforto à leitura.

terça-feira, 11 de julho de 2017

Não Pertencemos Ao Mundo





(Com Certificado + Histórico + Carteirinha) 

Videos aulas exclusivas, Apostilas digitais, Áudio aulas, Suporte com professores, Fórum e Grupo de estudos. Pagamento Único. Sem Mensalidades!