Páginas

quarta-feira, 27 de julho de 2016

A Doutrina da Eleição - Soteriologia - E.T. - Parte 4

Chegamos a parte quatro da nossa reflexão sobre a Doutrina da Eleição, e hoje nós a veremos sobre o ponto de vista da Teologia Agostiniana, ou quem preferir, Teologia Calvinista.

O Calvinismo é o sistema teológico originado na obra de João Calvino João Calvino foi um dos grandes teólogos e estudiosos da Reforma, viveu entre os anos de 1509 à 1564.


No cerne do pensamento de Calvino, está a soberania de Deus, como se pode constatar na sua obra As Institutas da Religião Cristã. Portanto, o calvinismo tornou-se o desenvolvimento histórico com base nas Institutas.

A teologia Calvinista ensina que a base da eleição se encontra na soberana vontade de Deus. Este ponto de vista foi ensinado e mantido, pelo menos durante bom tempo na história, pelos presbiterianos, pelos reformados, pelos batistas, pelos metodistas de Gales, sendo também a teologia ensinada nos Trinta e Nove Artigos da Igreja Anglicana.

No Breve Catecismo de Westminster temos uma breve apresentação desta doutrina, na pergunta de número 20, onde se pode ler: “Deixou Deus todo o gênero humano perecer no estado de pecado e miséria?”, a resposta é: “Tendo Deus, unicamente pela sua boa vontade desde toda a eternidade, escolhido alguns para a vida eterna, entrou com eles em um pacto de graça, para os livrar do estado de pecado e miséria, e trazer a um estado de salvação por meio de um Redentor.”

Está doutrina é apresentada tanto no Breve Catecismo de Westminster, no capítulo III, como também nos Cânones do Sínodo de Dort.


Para entendermos melhor, a palavra Cânon significa “padrão” ou “regra”. Mas este termo está mais associado à coletânea de livros que a igreja reconheceu como Palavra de Deus escrita, ou seja, As Escrituras.

É, portanto, as Escrituras que faz o papel de regra ou padrão de fé e prática.

Todavia existem tradições cristãs que não concordem plenamente sobre quais livros devam compor as Escrituras. Mas todos concordam em que os 66 livros da Bíblia protestantes são canônicos, e isso faz com que eles tenham autoridade.

Já o Sínodo de Dort, foi uma Assembleia da Igreja Reformada dos Países Baixos, convocada em Dort em 1618-1619 para tratar principalmanete das questões da separação entre igreja e estado e também da controvérsia armeniana.

Nessa ocasião o sínodo posicionou-se contra o Armenianismo e alaborou os Cânones de Dort, que confirmavam as doutrinas da depravação total da humanidade, da Eleição incondicional, da Expiação Limitada, da graça divina irresistível e da perseverança dos santos, ou, preservação por parte de Deus.

Caso alguém queira conhecer mais a fundo estas questões, basta simplesmente estudar o Breve Catecismo de Westminster e Os Canones de Dort, para maiores esclarecimentos.

No próximo mês estaremos mostrando as provas tiradas das Escrituras que aprovam a Doutrina Calvinista, como também, algumas objeções a esta doutrina.

Até lá.


Leia também:

Confissões de Fé – Parte 7

Sei que o assunto deve parecer chato para alguns e até mesmo fora de moda. Mas é uma forma de manter a pureza da doutrina cristã.

O apóstolo Pedro nos diz para explicar a quem nos perguntar qual a razão da nossa esperança (1 Pedro 3. 15). A nossa confissão dá testemunho de nossa fé. E serve como defesa aos ataques de heresias das quais muitas igrejas tem se deixado dominar, devido a sua vulnerabilidade, por não possuir uma confissão de fé.

Este quadro é para auxiliar tanto a cristãos como os incrédulos a entende aquilo em que cremos. E útil também para corrigir pastores e mestres, caso eles estejam se desviando da fé.

Ajuda ainda a sinalizar aos cristãos a analisarem o que está sendo ensinado nas igrejas, como faziam os bereanos: “Os bereanos eram mais nobres do que os tessalonicenses, pois receberam a mensagem com grande interesse, examinando todos os dias as Escrituras, para ver se tudo era assim mesmo.” – (Atos 17. 11 - NVI).

Portanto é útil como meio de estudo, testemunho da fé, meio de manter a pureza da doutrina e defesa contra os ataques de heresias e outras religiões.


Breve Catecismo de Westminster

PERGUNTA 13: Conservaram-se nossos primeiros pais no estado em que foram criados?


RESPOSTA: Nossos primeiros pais, sendo deixados à liberdade da sua própria vontade, caíram do estado em que foram criados, pecando contra Deus.

Referências: Rm 5.12; Gn 3.6.

PERGUNTA 14: Que é pecado?

RESPOSTA: Pecado é qualquer falta de conformidade com a lei de Deus, ou qualquer transgressão desta lei.

Referências: Tg 2.10; 4.17; 1Jo 3.4.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Alimentos Que Promovem A Vida

Não há dúvidas de que o maior desafio da medicina alternativa está em conscientizar o mundo de que a mesa mata mais do que a guerra.


Principalmente com o aumento do chamado Fast-food, também conhecido como comida pronta. Fast-food é o nome genérico dado ao consumo de refeições que podem ser preparadas e servidas em um intervalo pequeno de tempo. São comercializados, desta maneira, sanduíches, pizzas e pastéis, entre outros.

Nos Estados Unidos cientistas realizaram um estudo que mostra que a adoção de um estilo de vida saudável pode ajudar a prevenir e a combater doenças. Mas, infelizmente, poucas pessoas tem disposição para mudar seus hábitos alimentares ou fazer exercícios.


Em estudo realizado, constatou-se que a diminuição do consumo de gordura de origem animal reduz 30% o risco de doenças cardíacas. E que comparada às causas de morte em todas as idades, a parada cardíaca é mais letal do que o câncer, a malária e a tuberculose.

A alimentação moderna vem com grande concentração calórica devido aos alimentos encharcados em óleo, tirando o lugar das hortaliças, frutas e cereais. E isso resulta em uma degeneração e envelhecimento precoce das artérias. Questão que deveria merecer toda a atenção das pessoas, pois as artérias são o conduto de vida. E quando seu funcionamento é comprometido, todo o organismo sofre.

Além das artérias, há outros fatores que devem ser levados em consideração, como por exemplo, a aceleração do enrugamento e o envelhecimento da pele.

Como podemos ver, o estilo de vida é de vital importância para o surgimento de doenças e do câncer. Pois dieta rica em gordura, excesso de peso e vida sedentária são apontados como as principais causas de enfermidades.


Portanto, quanto mais natural melhor. Conclusão que chegaram milhares de cientistas, nutricionistas, médicos, e como podemos ver, o apostolo Paulo, que escreveu a Timóteo: “Pois tudo o que Deus criou é bom, e, nada deve ser rejeitado, se puder ser recebido com ações de graças.” (1 Timóteo 4.4).

O motivo do avanço das enfermidades está claro, a dieta moderna produz doenças que acometem a população. E isto pode ser comprovado em laboratórios.

Em uma pesquisa realizada há alguns anos atrás, o Brasil tinha uma estatística de cada dois minutos uma pessoa era vitimada por problemas cardíacos. Chegando ao número de 300 mil mortes.

O que precisamos para ter uma vida melhor está ao nosso redor. E a Bíblia nos mostra isso: “E acrescentou Deus: “Eis que vos dou todas as plantas que nascem por toda a terra e produzem sementes, e todas as árvores que dão frutos com sementes: esse será o vosso alimento! Também dou a todos os animais da terra, a todas as aves dos céus, a todos os répteis da terra, e a todas as criaturas em que há fôlego de vida, todos os vegetais existentes, como mantimento e sustento!” E assim aconteceu.…” (Gênesis 1. 29,30).  

Leia também:




Atenção: Para adquirir quaisquer dos produtos citados, basta clicar nas palavras destacadas e você será direcionado direto para a loja.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Antes de Desistir, Creia!

Existem momentos que não importa o que se faça, as coisas não serão como queremos que seja. Pois tudo está nas mãos de Deus. E somente Ele poderá agir em favor daquilo que se espera.

A maior frustração de muitos crentes está justamente em pensar que Deus é obrigado a agir segundo a sua vontade. Em pensar que Deus é obrigado a agir segundo o que se pede em oração, simplesmente pelo fato de ser filho de Deus.

Mas o fato é que Deus é quem controla e dirige as coisas segundo seu propósito. Não segundo o nosso. O nosso é que deve está segundo o Dele.

Mas isso é motivo de desistir? De abandonar a congregação como muitos fazem?


Enquanto não aprendermos que é Deus que está no controle e faz as coisas aconteceram para um fim específico, muitos ainda irão se lamentar e abandonar sua congregação.

Somente Deus pode agir em favor daquilo que se espera. E quando deixamos tudo nas mãos Dele, podemos ver milagres acontecer.

Após tentarmos de tudo, após fazermos tudo que está ao nosso alcance, e decidirmos descansar em Deus, sabendo que é hora Dele agir, poderemos ver mudanças acontecer.

A fé é capaz de transformar qualquer situação. Na verdade o autor do livro de Hebreus escreveu: “Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.” (Hebreus 11.6).

Então antes de desistir creia. E se nada acontecer segundo o que você esperava, continue crendo.

Mas nunca se esqueça que Deus sempre agirá segundo o que Ele decidiu que acontecesse.

sexta-feira, 15 de julho de 2016

O Maior Desafio é Viver Bem Com Quem Não Gosta de Você

Um versículo bíblico do qual se é difícil ouvir falar é o de Romanos 12. É claro que há todo um contexto pelo qual o apóstolo Paulo escreveu o que está escrito no verso 18: “Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens.” (Romanos 12.18).

Mas, neste post, eu quero ser prático para que você entenda como transformar algo desagradável em uma experiência boa.

Não é preciso ser um expert para observar a condição logo no início da frase: “Se for possível...”

Todos nos sabemos que não é fácil ter paz com todos. Existem pessoas que parecem ter nascido para ferroar, para criticar, para ofender e tudo o mais que faz da experiência da convivência uma experiência desagradável.

Mas é através do convívio humano que obtemos crescimento. E nada provoca mais dor do que conviver. E os dilemas começam bem cedo em nossa vida. Pois começam em casa, no convívio com os familiares.


Quando isso não acontece, os dilemas vêm ou na escola, ou no trabalho, e até mesmo na igreja. Isso é algo inevitável, os dilemas sempre aparecerão ao longo de nossa vida.

E essa baboseira de que cristão não briga é papo furado, as pessoas são diferentes e reagem de forma diferente, senão Paulo não teria dito: “Se possível...”.

O maior desafio é conviver com essas pessoas.

Como você reage quando descobre que alguém não gosta de você? Quando alguém questiona tudo o que você fala?

Como você reage com alguém que sempre que tem a oportunidade o enfrenta? Não é difícil de imaginar. Pois a reação normal é reagir de maneira semelhante.

Vivemos como se estivéssemos no Velho Testamento, olho por olho e dente por dente. Pois a prática é a seguinte: Se ela me rejeita, eu a rejeito. Se ela me ofende, eu a ofendo. Se ela falar mal de mim eu farei a mesma coisa.

E isso só faz com que a bola de neve cresça. O problema cresce e o convívio fica desagradável.

Por isso é difícil ter paz com todos. E entendendo isso Paulo usa a expressão: “Se possível quando depender de você...”, não é do outro a condição é de você.

E para que isso ocorra, é preciso vencer uma luta interna muito grande. Pois você terá de ir contra sua natureza humana.

Como seres humanos, temos muitas particularidades. E é isso mesmo que Deus espera de nós. Não que vivamos como robozinhos balançando a cabeça e concordando com tudo.


Mas como eu dizia, essas particularidades pode ferir alguém. E se você não quiser viver isolado, sozinho, terá de engolir alguns sapos. Investir algum tempo da ver alguma mudança acontecer.

Alguém que hoje lhe evita, ou lhe faz ficar estressado, poderá ser seu amigo amanhã e até mesmo está lhe ajudando. Então aprenda a fazer das situações desagradáveis algo de bom. E você pode ser aquele que contribui para a mudança dessa pessoa.

E como isso pode ser possível?

Primeiro, invista em seu próprio comportamento. Às vezes não é o outro, mas, você que é o problema. Tenha a humildade de reconhecer isso. Se as pessoas estão se afastando ou ficando triste ao seu lado, você é o problema. Então invista no seu comportamento.

Em segundo, aproxime-se da pessoa. É preciso conhecê-la melhor. Ao descobrir o porquê ela age da forma como age você poderá ajuda-la. Com transparência e paciência, e não por força e violência.


Leia também:

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Somos Mesmo Complicados

Somos mesmo complicados... Você duvida?

Vejamos então, buscamos a felicidade onde ela não existe e não somos capazes de encontrá-la tão perto de nós!

Estudamos tantos anos, fazemos tantos cursos de especialização, para desempenharmos uma função dentro de uma empresa, mas não somos capazes de examinar as Escrituras e nos submetermos ao treinamento dos ensinos de Deus para administrarmos a maior microempresa deste mundo: O LAR.


É aqui e não lá, que nos leva á uma genuína felicidade.


Leia também:

Quando O Mundo Nos Magoa

Um dos problemas do mundo é que não há muitas pessoas em quem possamos confiar.

E o pior nesta questão é que são justamente as pessoas a quem amamos e aquelas em quem confiamos que nos magoam. Pois nenhum desconhecido consegue nos magoar tanto com palavras quanto uma pessoa a quem amamos ou aquela que consideramos como amiga.

Por exemplo, uma moça que se apaixonou por um rapaz a ponto de se entregar de corpo e alma a ele, pois ele jurou amor eterno a ela. E depois ele a decepciona amargamente. Pois ao descobrir que ela estava grávida se mandou.

Ou ainda aqueles jovens que tem em casa um pai bêbado inveterado. Ou sua mãe que sempre está as voltas com tantos homens, que nem sabe ao certo quem é o seu verdadeiro pai.

Pode ser também que você seja desses que frequentou uma igreja onde seus pais ocupavam cargos importantes, mas, quando chegam em casa, você os vê deixar cair a mascara de religiosidade, expondo sua hipocrisia.

Tudo isso são decepções a que estamos sujeitos. Há muitos tipos de decepções, elas não são iguais, mas o resultado é igualmente horrível: magoa.

E a extensão da mágoa está relacionada com o grau de afeição que temos para com a pessoa que nos magoa. Quanto mais confiamos em uma pessoa, ou quanto mais a admiramos, mais profunda e dolorosa é a mágoa que sentimos.

Nessa escala relacional, as mulheres sabem melhor que ninguém o que estou escrevendo. Pois elas sentem muito mais essas coisas. Elas são mais sensíveis. Mas os homens não se acham isentos desse sentimento.


Então o que devemos fazer quando o mundo nos magoar?

Primeiro quero mostrar o que não devemos fazer. Isto é, não fazer o que todos fazem, que é: abrigar amargura contra o outro e pensar em nunca perdoar aquele a quem você considera odiento.

Pois é justamente aí o momento em que a amargura brota em nós. Quando nos recusamos a perdoar! É da mágoa que resulta uma decepção profunda, e essa por sua vez leva ao ressentimento e ao ódio.

Lidar com isso é fácil? Certamente que não. Deus está alheio a isso? Também não. Pois Ele sabe o que é sofrer.

Há dois mil anos, Ele poderia ter destruído os homens pelo mal que Lhe fizeram.

Lá estava Ele na cruz, e ao seu redor estavam pessoas grosseiras, malignas, vis, que zombavam, amaldiçoavam e escarneciam Dele. O Príncipe da vida pendia entre o céu e a terra. Ele estava nu diante da multidão. Estava ensanguentado e agonizante, prezo ao madeiro com cravos.

E aquela dor era apenas uma pequena parcela da sua agonia. Pois seu sofrimento maior era ver um mundo que dera as costas para o seu Criador. O sofrimento de ter vindo para os seus e esses não o ter recebido.

Ele poderia ter destruído toda aquela gente, mas não, Ele simplesmente falou:
“- Pai, perdoa-lhes. Eles não sabem o que fazem” (Lucas 23, 34).

Jesus é o exemplo a quem devemos seguir. Portanto, quando o mundo lhe magoar, faça como Jesus. Diga o que Ele disse.

Nada do que nos acontecer será pior do que aconteceu a Ele, por isso podemos nos sentir fortes para enfrentar e passarmos por meio à nossa dor.

Faça isso, quando o mundo lhe magoar, perdoe! Esse é o único caminho para você ficar livre da mágoa.
  

Leia também:

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Moto Clube - Tribo Asa De Águia

Pilote Essa Ideia.

Mensageiros de Cristo em duas rodas.

O mundo está pequeno ao seu redor?
Não está encontrando espaço? Está tudo escuro?
No seu dia-a-dia não há perspectiva de melhora?
Está sem direção, desgovernado, uma confusão só?

Prezado irmão, não há mais escuridão em sua vida,
Há uma luz eterna para te guiar,
Com toda esta confusão, quero lhe dizer que
Existe um caminho que pode resolver de vez
A dificuldade de sua vida. Deixe Jesus pilotar sua vida.


Ele se fez pecador para que nós tivéssemos vida, e
Vida em abundância. Ele quer que comamos o melhor
Deste mundo e que não nos pereçamos. Ele mostra o
Caminho para não nos desviarmos. Quando Ele te
Chamou, foi pelo nome, você é uma obra prima Dele.

Nunca desista do seu objetivo, siga para o alvo.
O único que não nos acusa das nossas fraquezas é JESUS.
Que te ama incondicionalmente, e mostra o caminho certo,
Só com Ele conseguiremos a vitória.


JESUS nos ensina que quando aceitamos estar
Com Ele, desce sobre nós um poder tal, que em
Nome Dele estaremos com toda a autoridade de
Enfrentarmos qualquer dificuldade em nossa vida.


JESUS é a solução.

Assine o canal para ter mais novidades: CLIQUE AQUI.