Páginas

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Não Espere Um Mar de Rosas

“Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente” (2 Coríntios 4.17).

Não podemos nos esquecer daquilo que está escrito na Bíblia. Em nenhum momento Jesus nos disse que viveríamos em um mar de rosas aqui na terra.

No entanto, vivemos dias em que as pessoas estão mais interessadas em juntar bens aqui na terra do que tesouros no céu. Como se fossemos viver aqui eternamente.

A Bíblia, ao contrário, nos ensina que não ficaremos aqui por muito tempo. Ela nos diz que somos moradores em uma habitação temporária em um país estrangeiro: “Sou peregrino na terra” (Salmos 119. 19). Portanto será normal que passemos por várias aflições. Jesus nos alertou sobre elas, contudo Ele disse que deveríamos ter bom ânimo (João 16. 33).

Pastores e líderes têm enchido as mentes dos fiéis com promessas de riquezas e prosperidades, criando um grupo que vai à igreja, mas nunca tem fé. O que eles têm são crenças e superstições no nome de Jesus. Quando conseguem algo gritam aleluia e glória a Deus. Mas quando algo sai errado entram em desespero.

Não conseguem aceitar que pessoas morrem, e por isso vivenciam um luto eterno. Não aceitam que firmas podem falir, que se pode perder um emprego, quando isso acontece nunca mais se levantam. Pois para eles Deus só serve para conseguir coisas.


Certa vez Jesus entrou num barco, veio uma tempestade e Ele a acalmou (Lucas 8. 24).

A vida é assim, às vezes passamos por adversidades e devemos estar preparados para tudo isso. Quando Jesus disse: “no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo” (João 16. 33) é que Ele espera que aprendamos a superar esses infortúnios.

Quando isso entra em nós, nos fortalecendo a fé, sabemos que quando o Mestre está no barco, Ele nos dá forças para vencer os obstáculos.

Não seja mais um desses que entram na igreja apenas para adquirir bênçãos. Desses que entram nas igrejas atrás de bênçãos. 

A benção é consequência da fé. E a fé é consequência do conhecimento que você vai adquirindo pelo caminho. E para isso é necessário que você se alicerce na Palavra e deseje a maior benção de todas: “… alegrai-vos antes por estarem os vossos nomes escritos nos céus” (Lucas 10. 20), a salvação eterna.