Páginas

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

A Armadura Para O Dia Mal – Parte 4

Para outros estudiosos, a armadura de Deus pode ser entendida também como sendo o próprio Cristo. Isso significa estar em Cristo e Cristo em nós como em João 15. 4 e João 8. 36.

Ao fazer essa afirmação esses estudiosos estão comparando as afirmações feitas por Paulo na sua carta aos romanos onde ele escreve:  “... revesti-vos do Senhor Jesus Cristo...” (Romanos 13. 14), e em sua carta aos efésios: “Revesti-vos da armadura de Deus”.

Isso equivale dizer que tomar toda armadura de Deus é a mesma coisa de revestir-se de Cristo, da Sua graça e do Seu poder.


Outro grupo ainda afirma que essa armadura significa se revestir de peças espirituais que são: a verdade, a justiça, a fé, o evangelho, a palavra de Deus e a oração.

Seja como for, é preciso que você esteja unido com Cristo e seja conhecedor da Sua Palavra. Que mesmo quando estiver passando pelo dia mau continue praticando a verdade, a justiça, o amor, enfim, que continue praticando os ensinos da Palavra de Deus e permaneça em oração.

Existe ainda outra interpretação para o significado da expressão Armadura de Deus. Mas isso eu vou deixar para outra ocasião.

O que interessa agora é que você entenda que para passar pelo dia mau, e sair vencedor, é preciso estar preparado.

Não basta uma fé de Nova Era, que pensa que gritar: “Eu determino”, “Eu decreto”, “Eu amarro” irá resolver a questão do dia mau.

Inevitavelmente o dia mau virá. Impetuoso, arrebatador, com tal veemência que será quase impossível resistir. Por isso Paulo enfatiza a tomada da armadura de Deus: “... para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes”.


Leia também:
A Armadura Para O Dia Mal – Parte 1.
A Armadura Para O Dia Mal – Parte 2.
A Armadura Para O Dia Mal – Parte 3.