Páginas

quarta-feira, 1 de março de 2017

Verdadeiros Perturbadores do Meio Ambiente

Ainda que eu falasse a língua dos homens e falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria (1 Corintios 13.1).

Essa é a lição que todo o mundo deveria aprender. Inclusive, aqueles que estão dentro de igrejas. Pois o amor é bom, não quer o mal; não sente inveja ou se envaidece.

Se há uma perturbação no mundo, e na natureza, só existe um responsável: O Ser Humano.

Pois a responsabilidade com o ser humano, é do próprio ser humano: ‘Amarás o teu próximo como a ti mesmo’ (Mateus 22.39).

Jesus não disse que deveríamos priorizar casas, carros, ou bens materiais. A prioridade do ser humano deve ser com vidas.


E quando falo em vidas, isso inclui todo o ecossistema. Eco sistema que inclui os seres vivos e o ambiente, com suas características físico-químicas e as inter-relações entre ambos; biogeocenose, biossistema, holocenose.

O grande perturbador do meio-ambiente é o homem. E nada é mais anticristão do que não se preocupar com a natureza. Pois, desde o início está responsabilidade lhe foi dada:E tomou o Senhor Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar” (Gênesis 2.15).

Quando há desarmonia entre os homens até a natureza sofre. Por isso repito: nada pode ser mais anticristão do que a não preocupação com a natureza.

O mundo não está precisando do emocionalismo, do sensacionalismo, ou qualquer outra coisa semelhante que a igreja está produzindo. O que o mundo está precisando é do amor para o qual a Igreja foi chamada: “Por isso, a criação aguarda ansiosamente a manifestação dos filhos de Deus” (Romanos 8.19)

Só o amor conhece a verdade, e essa verdade, Jesus nos mostrou, ao escrever o amor em seus braços.

Como dizia Renato Russo em sua música:

É só o amor, é só o amor;
Que conhece o que é verdade;
O amor é bom, não quer o mal;
Não sente inveja ou se envaidece.

O amor é o fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente

Ainda que eu falasse a língua dos homens e falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria.