Páginas

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Lamentação, Um Beco Sem Saída

Você alguma vez já entrou em um beco e chegando lá na frente descobriu que ele não tinha saída? Pois é, a vida às vezes nos reserva situações assim.

Ao longo de nossa estrada da vida, nos deparamos com desvios ilusórios e traiçoeiros. Muitos já entraram por esses becos sem saídas e se perderam. Encontraram a infelicidade e vivem remoendo inutilmente as suas frustrações e tristezas.

Nesses momentos é muito comum nos queixarmos. Mas se você se queixar, sua mente procurará razões para justificar as lamentações. E se não as encontrar, sua mente irá fabricá-las.



Nesse momento é bem provável que você passe a enxergar os seus problemas e doenças maiores do que de fato são. E o resultado disso será que, quanto mais nos queixarmos, tanto mais teremos que nos lamentar.

Há solução para isso? Sim, há. Basta fazermos como o salmista. Ele clamou: “Ouve, Senhor, e tem misericórdia de mim; Senhor, sê tu o meu auxílio. Mudaste o meu pranto em dança, a minha veste de lamento em veste de alegria, para que o meu coração cante louvores a ti e não se cale. Senhor, meu Deus, eu te darei graças para sempre.” (Salmos 30.10-12).