Páginas

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Nós Estamos Tão Cegos Assim?

Quero alguns minutos somente para uma breve reflexão. Gostaria que você me acompanhasse. O texto a seguir é uma adaptação de uma canção do cantor Elvis Presley, chamada “In The Ghetto”.

Pois bem, prestem atenção e vocês verão que qualquer semelhança não será mera coincidência.


Numa fria e cinza manhã um pobre garotinho nasce no gueto. E sua mãe chora porque se existe uma coisa que ela não precisa é outra boca faminta para alimentar.

Gente, vocês não entendem? O garoto preciso de uma mão de amparo, ou um dia ele se tornará um jovem irado.

Olhe para você e para mim, nós estamos tão cegos assim ou simplesmente viramos nossos rostos e olhamos para o outro lado?

O tempo passa. E o pobre garotinho com o nariz escorrendo brinca na rua enquanto o vento frio sopra... No gueto.

E a fome aperta. Então ele começa a vagar nas ruas à noite, e aprende a roubar, e aprende e lutar.

Então em uma noite de desespero, o jovem foge. Compra uma arma, rouba um carro, tenta fugir, mas não chega longe... E sua mãe chora!

Enquanto uma multidão se amontoa em volta de um jovem homem... Caído na rua com uma arma em suas mãos... Enquanto esse jovem morre, numa fria e cinza manhã, Outro pobre garotinho nasce... No gueto... E sua mãe chora!


O que é o gueto? Na maioria das cidades europeias, era o bairro onde todo judeu era obrigado a residir. Mas também é o bairro de uma cidade onde vivem os membros de uma etnia ou outro grupo minoritário, frequentemente devido a injunções, pressões ou circunstâncias econômicas ou sociais.

“O mundo é um lugar perigoso de se viver, não por causa daqueles que fazem o mal, mas sim por causa daqueles que observam e deixam o mal acontecer" (Albert Einstein).

Tem uma grande multidão se amontoando em volta apenas como meros expectadores. São como aqueles homens que Jesus falou na parábola do banquete de casamento do filho do rei: “Mas eles começaram, um por um, a apresentar desculpas. O primeiro disse: 'Acabei de comprar uma propriedade e preciso ir vê-la. Por favor, desculpe-me'. "Outro disse: 'Acabei de comprar cinco juntas de bois e estou indo experimentá-las. Por favor, desculpe-me'. "Ainda outro disse: 'Acabo de me casar, por isso não posso ir'” (Lucas 14.16-24).

O Brasil está o que está não por causa daqueles que fazem o mal, mas sim por causa daqueles que observam e deixam o mal acontecer, e a mesma coisa acontece em todo o mundo.

“Olhe para você e para mim, nós estamos tão cegos assim ou simplesmente viramos nossos rostos e olhamos para o outro lado?”


Leia também: