Páginas

sábado, 10 de janeiro de 2015

Como Saber A Vontade De Deus Para Nós?

O ano mal começou e para muita gente parece que nada aconteceu. Tudo é uma continuação daquilo que figuradamente se findou há alguns dias. Nada mudou!

Um amigo me disse em forma de anelo aquilo que estava em seu coração: “Queria que Deus me falasse de forma clara quais são os seus planos para mim”. Talvez esse seja o anelo de muita gente...

Eu lhe respondi algumas coisas, mas neste texto quero refletir algumas coisas que tem mais a ver comigo e com você do que com Deus. Pois desde que Deus iniciou a criação, lançando os astros no vazio do espaço, Ele tinha um propósito para cada um de nós.


Embora Deus tenha um plano geral para a humanidade, existe essa singular particularidade, que são como partículas mínimas desse plano geral. E quando podemos conhecer esse propósito em nossa vida e mesmo observa-lo, encontramos grande alegria e brilho.

Ter uma vida orientada por Cristo é um desejo apresentado de modo excessivo pelos filhos de Deus. Mas como saber a vontade de Deus para nós?

Como eu disse antes, isso tem haver mais comigo e com você do que com Deus. Pois vejamos:

Primeiramente é preciso estar cheio do Espírito Santo. Esse é o fator básico que transforma a derrota em vitória. É preciso conhecer o poder do Espírito Santo e está sensível a Sua voz. Pois é Ele que transforma o fracasso em sucesso, e leva aquele que está desorientado a uma direção certa.

Para isso é preciso ser sincero consigo mesmo e com Ele, esvazie-se do seu ego e do pecado. Confesse seus pecados e peça perdão a Deus. E do mesmo modo como pediu a Cristo para entrar em seu coração, peça ao Espírito Santo para inundar sua alma com poder divino. 

Jesus certa vez falou: “Se vocês, apesar de serem maus, sabem dar boas coisas aos seus filhos, quanto mais o Pai que está nos céus dará o Espírito Santo a quem o pedir!" (Lucas 11. 13). Não é possível estar no centro da vontade de Deus sem estar também recebendo a orientação do Espírito Santo.

Leia também:
Como Saber A Vontade de Deus Para Nós? - Continuação.