Páginas

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Temos Uma Liberdade de Escolha

A carta do apóstolo Tiago é uma carta onde o tema abordado é sobre a “religião pura” (Tiago 1.27). Fala sobre o amor divino experimentado no coração e como ela é posta à prova pelas tentações e pelas dificuldades dos fiéis.

A “religião pura” é uma fé que põe por si mesmo a prova àquele que é carnal e egoísta. Pois revela o contraste entre a fé verdadeira e a falsa. Ela mostra aquele que é carnal e o que é espiritual.

Dentro desse contraste é que Tiago pergunta: “De onde vêm as guerras e contendas que há entre vocês? Não vêm das paixões que guerreiam dentro de vocês?” (Tiago 4.1).


       O apóstolo sabia que Satanás tem poder, mas que não pode obrigar o homem a fazer aquilo que ele não quer. Por isso ele escreve: “Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao Diabo, e ele fugirá de vocês” (Tiago 4.7).

Certamente é muito difícil detectar Satanás, ele é um ser invisível e muito perigoso. Mas é alguém de quem não precisamos temer. Pois temos uma escolha: “Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o Diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar; ao qual resisti firmes na fé...” (1 Pedro 5. 8, 9).

Nesse texto o apóstolo Pedro nos ensina que devemos tomar nossa posição contra Satanás nos tornando sólidos na fé.

Tanto Tiago como Pedro coloca o bem e o mal lado a lado, eles nos animam a ter uma fé capaz de enfrentar as provas e as vicissitudes da vida. Mas para isso precisamos fazer uma escolha.

Jesus amava a Deus. Quando Ele foi tentado no deserto a sua conduta foi de permanecer firme no Seu amor. Ao permanecer firme Satanás se afastou dele ao rejeitar as três tentações. Com isto aprendemos que nós também podemos escolher resistir a satanás.