Páginas

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

O Motivo de Não Sermos Consumidos

Deus de exclusão ou inclusão?
Se na possibilidade de Deus há a possibilidade de se incluir o que peca, porque seria o homem superior na sua decisão de excluir?

Talvez desconhecimento da Palavra... pode ser?
Ou quem sabe orgulho e vaidade?

A Bíblia nos ensina que: “... e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo” (1 João 2. 1).
Deus conhece muito bem a nossa formação, e não poderia ser diferente, pois Ele é o nosso criador. Ele sabe que somos pó e sabe que estamos sujeitos a falhas e fraquezas. Todavia, as Escrituras nos ensinam que: “Assim como o pai é misericordioso para com seus filhos, o Senhor tem sido misericordioso para com os que o temem. Porque Ele mesmo conhece bem a nossa formação. Lembra-se de que somos pó...” (Salmo 103. 13, 14).


Deus perdoa aquele que se arrepende e se aproxima dele. Porque o homem pensa que pode excluir ao invés de perdoar como Deus faz?

É bom lembra o que diz a oração que Jesus ensinou: “Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores." (Mateus 6:12), “Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará” (Mateus 6:14 - NVI).

O Deus a quem você chama de Pai, também é Pai daquele que lhe deve. E esse Pai em comum deseja a paz e a reconciliação. E isso nós conseguimos através do perdão. E o perdão está ao alcance de cada um.