Páginas

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Encontrando Deus Em Meio Ao Desespero

Talvez você já tenha se encontrado numa situação onde andava com Deus, mas tinha a sensação de estar andando no escuro. Você sabia que ele estava ali, mas não podia sentir nenhuma comprovação de sua presença. Não conseguia ouvir sua voz e nem sentir o seu toque. E um grande desespero se abateu sobre você.

Não se preocupe o rei Davi que era o homem segundo o coração de Deus, também passou por isso. Seus inimigos pretendiam provocá-lo e agredi-lo quando repetidamente lhe perguntavam: “Onde está o seu Deus” (Salmos 42. 10).

Foram tantas essas repetições que o próprio rei Davi começou a pensar que Deus o tinha abandonado: “Direi a Deus, minha Rocha; Por que te esqueceste de mim?” (Salmos 42. 9). 


Pode haver momento em que nos sentimos fracos, assim como o rei Davi. Com muita dificuldade de orar e ler a Bíblia. Você pede paz e ela não vem. Você se agarra as promessas das Escrituras e se firma nelas, no entanto, você não vê a concretização dessas promessas em sua vida.

Existe um ditado chinês que diz: “Jamais se desespere em meio às sombrias aflições de sua vida, pois das nuvens mais negras cai água límpida e fecunda”.

Continuar a louvar a Deus em meio ao desespero é uma grande ameaça para o diabo. Satanás vê a sua causa, que é “matar, roubar e destruir” (João 10. 10), seriamente ameaçada quando um ser humano, apesar de não ter o desejo, mantém a determinação de fazer a vontade de Deus.

Erich Remarque tem uma frase em ele diz: “No desespero e no perigo, as pessoas aprendem a acreditar no milagre. De outra forma não sobreviveriam”. O mesmo pode dizer em relação à fé. A Bíblia diz que: “Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que Ele existe e que recompensa àqueles que O buscam” (Hebreus 11. 6).


Existem pelo menos dois motivos pelo qual Deus não houve a nossa oração, o primeiro é o pecado e o segundo, é quando Ele deseja nos ensinar a respeito dele e não poderíamos aprender de outra forma.

O rei Davi termina o Salmo 42 com a seguinte afirmativa: “Por que você está assim tão triste, ó minha alma? Por que está assim tão perturbada dentro de mim? Ponha a sua esperança em Deus! Pois ainda o louvarei; ele é o meu Salvador e o meu Deus” (Salmos 42:11).

Precisamos aprender a depender do Senhor. A vida cristã não depende somente de nós, precisamos nos soltar, parar de nos debater e permitir que o Senhor nos segure e ame.

Uma frase de Albert Carmus diz: “Aqueles que se amam e são separados podem viver sua dor, mas isso não é desespero: eles sabem que o amor existe”.

Precisamos aprender a viver um dia de cada vez, pois assim descobriremos o quanto Deus é fiel.