Páginas

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Coisas Que A Gente Não Tira Do Coração - Continuação

Quando o Evangelho entra no coração de uma pessoa, essa passa a ser útil à vida. Da mesma forma como um pai é útil a sua família e aos seus filhos. Pois aquilo que essa pessoa traz na sua bagagem existencial, do seu caminhar na vida, somado as suas novas aquisições, são como a dispensa de uma casa onde o pai tem guardado um depósito de coisas novas, recém-adquiridas, como possui também coisas antigas que podem vir a ser necessárias em determinadas circunstâncias.
E quando essa “Luz” é ensinada dentro de casa, os adolescentes aprendem a se relacionar com o mundo com uma visão mais reflexiva das coisas que acontecem a sua volta, com um senso crítico. Além de internalizar os aspectos morais e religiosos que lhes são ensinados.
A doutora em psicobiologia do Cebrid, Zila Vander Meer Sanchez, em sua tese de doutorado escreveu sobre a importância de práticas religiosas na recuperação de dependentes químicos. Ela destaca: “A família, a religiosidade e a informação podem ser papel importante ao lidar com o problema”.
O CEBRID é o Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas, que funciona no Departamento de Medicina Preventiva da UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo).
Que beneficio trará então o ensino do Evangelho para a sociedade?
Uma consequência social importante, pois acarretará na perpetuação do código moral de uma sociedade. E em parte, será responsável pelo conservadorismo nas estruturas sociais. Além de melhorar a vida emocional, psíquica e espiritual não somente do adolescente, mas também dos seus familiares mais próximos, ou seja, pais e irmãos.
Os ensinos do Senhor Jesus Cristo podem em muito, ajudar a fazer com que as pessoas vivam uma vida melhor aqui e agora.
O importante na vida não é ter! O importante na vida é ser! É ser amigo, ser gente, ser feliz, ser família... Mas é ridículo como as pessoas deixam de gostar de alguém só porque esse alguém não faz o que elas querem.