Páginas

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Atos Que Autenticam a Fé

Todo mundo é responsável pelo quem é, pensa, diz, fala e age. Pois nós somos o que pesamos e sentimos, e toda vez que em palavras exteriorizamos aquilo que pensamos e o que sentimos, ela cria algo dentro e fora de nós. O sábio expressou: “Tenha cuidado com o que você pensa, pois a sua vida é dirigida pelos seus pensamentos” (Provérbios 4. 23 – BLH).

No relato bíblico no livro de Gênesis 22, vemos que era essencial que Abraão cresse em Deus. Era essencialmente importante que ele cresse que Deus havia feito uma aliança com ele. Mas como é difícil ter fé, ela parece não fazer parte da natureza do ser humano, ao contrário, a incredulidade é o que mais prevalece em nosso ser. 
Quando lemos os relatos em Gênesis, vemos como Deus vai trabalhando no coração de Abraão. Como Ele vai lhe fortalecendo a fé até que pudesse ser colocado em prova.

Isso nos ensina uma coisa muito importante: Somente somos capazes de obedecer a Deus se somos capazes de crer nEle.

Nossa fé se manifesta em obras. Tiago escreveu: “Porque, assim como o corpo sem espírito é morto, assim também a fé sem obras é morta” (Tiago 2:26). São as obras que autenticam a nossa fé, se não houver obras não existe fé.

Nossa crença deve estar baseada na Soberania de Deus, que controla o passado, o presente, e o futuro. E que dentro dessa soberania Deus nos fortalece ao ponto de sermos capazes de termos vitória sobre a carne, o mundo, e o diabo.

Afinal, tudo resultará para a glória de Deus.