Páginas

segunda-feira, 6 de julho de 2015

A Culpa É Mesmo de Deus?

Vivemos em uma sociedade muito tensa. As pessoas vivem ansiosas. Na verdade a sociedade nos tornou insensíveis. Já não amamos mais.

Jesus já tinha previsto isso, Ele disse: “E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos se esfriará” (Mateus 24. 12, 13).

Muita gente diz possuir a felicidade, mas o que eles possuem é uma felicidade estúpida. Baseada apenas no ter, no possuir, no conquistar.

É muita tensão!


Nossos sonhos são quase sempre frustrados. São tantas as expectativas que a maior parte das vezes não conseguimos atende-las. São como os sonhos de um pai que quer ver o filho se tornar um médico, mas o menino não consegue atender essa expectativa.

Dentro de muitas igrejas essa mesma loucura está acontecendo. São tantas as exigências com relatórios, prestação de contas, que muitos líderes estão cansados. Muitos já sucumbiram. Suas almas estão abatidas, já perderam o ânimo.

Muitos estão entrando em tentação, e desesperados lutam em oração para sair dela. Se esquecem de que a oração é feita para não entrar em tentação, pois na tentação não se deve orar, senão ela vira uma obsessão... Ela cresce.

E nessa crença irracional num Deus facilitador das coisas, quando as coisas dão errado Deus deixa de existir.

Mas a culpa é mesmo de Deus?


Leia também: